Mais de 18 mil fiéis presentes no 37º Encontro de Folias de Reis em Romaria

FReis 1A fé é o alimento do povo simples e sertanejo do Triangulo Mineiro.  Neste clima aconteceu no último domingo (12), na cidade de Romaria-MG, no Santuário de Nossa Senhora da Abadia de Água Suja, o 37º Encontro de Folias de Santos Reis. O encontro contou com a presença de mais de 18 mil pessoas que diante do Santuário viram a apresentação de suas folias com suas particularidades. Foi servido um grandioso almoço com comida típica mineira para todo o público, preparado por cerca de 300 voluntários devotos de Santos Reis.

A Folia de Reis é uma festa religiosa de origem portuguesa, que chegou ao Brasil no século XVIII. Em Portugal, em meados do século XVII, tinha a principal finalidade de divertir o povo, enquanto aqui no Brasil, passou a ter mais um caráter de manifestação religiosa popular da fé do povo do que de diversão.

A abertura acontece em sua cidades no período de 24 de dezembro, véspera de Natal, a  6 de janeiro, (Dia de Reis).  Grupos de cantadores e instrumentistas percorrem a cidade entoando versos relativos à visita dos Reis Magos ao Menino Jesus. Passam de porta em porta convocando os moradores a doarem suas oferendas, que podem variar de um prato de comida a uma simples xícara de café.

A Folia de Reis, herdada dos colonizadores portugueses e desenvolvida aqui com características próprias, é manifestação de rara beleza. Os preciosos versos são preservados de geração em geração por tradição oral.

Os Magos que vieram do Oriente, para oferecer presentes e adorar o Menino Jesus, nos ensinam os valores da partilha. Prova disto é que na festa de Santos Reis há muita fartura de alimentos, e muita alegria.

Mais de 70 grupos de Folias participaram do atual Encontro, provenientes das cidades da região entre elas: Araguari-MG, Araxá-MG, Campos Altos-MG, Coromandel-MG, Goiatuba-GO, Ipuã-SP, Monte Carmelo-MG, Uberlândia-MG, Nova Pont  MG, Ituiutaba-MG, Perdizes -MG e Pedrinópolis- MG.

A festa também tem uma função social, durante o dia que antecede a festa, e no próprio dia, são recolhidos ofertas e alimentos trazidos pelos foliões, os alimentos excedentes, que não são usados para o almoço do dia, são destinados a cestas básicas e encaminhados aos pobres; com isso é feito uma sindicância nas famílias que necessitam na cidade ena região.

Desde já estamos planejando a festa do próximo ano, muitos dos festeiros e foliões que passaram pela festa que são devotos de Santo Reis, desde já prometeram suas doações de porcos, vacas, leites, alimentos e doações para a 38º Festa de Folia de Reis que irá acontecer no dia 11 de Janeiro de 2015.

Maik Neumann Naves

Compartilhe!
0 respostas

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *