Dom José Pedro de Araújo Costa

Bispo e Arcebispo Coadjutor de Uberaba
Data de Nascimento: 13/10/1913
Data de Ordenação Presbiteral: 06/12/1936
Data Ordenação Episcopal: 15/09/1957
Data de Posse: 10/05/1970
Data de Falecimento: 03/08/2014

D. José Pedro Costa, natural de Serro, MG, ordenado bispo a 15 de setembro de 1957,contemplado pelo Decreto do Vaticano datado de 18 de abril de 1970 que o designava, a 6 de maio de 1970, para Arcebispo Coadjutore Administrador Apostólico da Arquidiocese de Uberaba, com direito a sucessão. Sua posse em Uberaba se deu a 10 de maio de 1970.

D. José Pedro Costa veio para administrar as tão reclamadas reformas disciplinares necessárias. Entretanto, durante toda a sua administração editou 5 célebres circulares, disciplinando inovações. Na primeira circular de 23 de Junho de 1970 anunciou a dispensa do uso do manípulo nas Missas,declarando ainda obrigatória o uso da casula em todas as celebrações eucarísticas.

Na mesma referida circular, o senhor administrador conservava a antiga prescrição de que todo comungante, em toda Missa, deveria permanecer ainda de joelhos. Pela orientação do senhor Administrador Apostólico foi permitido o abraço da paz na Missa mas o sacerdote deveria permanecer parado no altar, “sem sair de seu lugar e só abraçar os ajudantes da Missa, evitando a
teatralização”. Uma outra Circular de 23 de junho de 1970 permitiu aos padres o uso do “clergyman” fora dos atos litúrgicos. Constrói-se em Uberaba o que seria nomeado por D. Alexandre com o nome de Palácio Episcopal N. S. da Piedade, para honrosa residência de D. Alexandre que a 19 de setembro de 1970, muda-se da Rua S. Sebastião para a Rua Episcopal.

Surgiram os primeiros encontros de noivos e os primeiros cursos de Batismo. Para saldar dívidas do Correio Católico, desejou vender para o Governo do Estado de Minas Gerais o antigo prédio do seminário da Praça D. Eduardo, em várias tentativas não levadas à frente. Não tardou a serem nomeadas as primeiras religiosas para Ministros da Eucaristia. Logo em seguida, para a Catedral, foram nomeados os 4 primeiros ministros da Eucaristia. Em uma circular assinada por D. José Pedro Costa, de 5 de abril de 1972 contemplava-se a licença para vender as máquinas do Jornal Correio Católico.

A Nunciatura Apostólica que aconselhou a renúncia a D. José Pedro Costaque a condicionou à simultânea renúncia também de D. Alexandre. E eis que a solução chegou a Uberaba no dia 19 de Julho de 1978 com a tríplice notícia: as renúncias de D. Alexandre e D. José Pedro e a nomeação do novo Arcebispode Uberaba D. Benedicto de Ulhoa Vieira. D. José Pedro Costa se recolhe à cidade do Serro, MG, junto a seus familiares desempenhando nobres funções pastorais e de pregação. Mas sua saúde se debilita pela idade, vindo a falecerem 27 de julho de 1996.

Compartilhe!