Aberta a Porta Santa do Ano da Misericórdia em Uberaba

Uma missa neste domingo (13), pela manhã, na Catedral Metropolitana, marcou a abertura do Ano Santo da Misericórdia na Arquidiocese de Uberaba. Até 25 de novembro de 2016 os fiéis poderão ir até os santuários da região para obter indulgências plenárias.

A cerimônia teve início na praça Rui Barbosa com leitura da bula do papa Francisco, seguida de procissão até a Catedral. Dom Paulo Peixoto abriu a Porta Santa da matriz de Uberaba, dando início assim as atividades do Ano Santo da Misericórdia na Arquidiocese. Ao entrar na igreja as pessoas foram convidadas a tocar na porta e fazer os seus pedidos, sobretudo, de perdão.

A celebração seguiu com os ritos normais da ocasião, sendo acessa a terceira vela do Tempo de Advento, em preparação para o renascimento do Menino Jesus.

Em sua pregação o arcebispo frisou a importância das pessoas abrirem seus corações para Cristo entrar. Ele disse também que não basta o Cristão arrepender-se dos seus pecados. “É preciso que ele vá em busca daqueles que estão perdidos, longe de Deus. É fundamental aproximarmos uns dos outros,” afirmou dom Paulo, apontando para a triste realidade em Uberaba que só em 2015, até agora, registrou mais de 70 assassinatos.

Ao final, monsenhor Valmir Ribeiro apresentou o decreto arquidiocesano que cria os cinco locais de peregrinação em nossa região. São eles: Catedral de Uberaba, Basílica de Sacramento, Santuário de Romaria, Igreja de São Domingos em Araxá e Matriz de Nossa do Carmo em Frutal. Para lucrar indulgências plenárias o fiel terá que fazer uma caminhada até um destes santuários, confessar e participar de uma celebração eucarística. Porém, mais do que isto o pároco da Catedral afirmou que o cristão tem que estar disposto, em seu interior, a mudar de vida, á conversão.

Rubério Santos
Assessor de Imprensa

Compartilhe!
0 respostas

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *