Aparecida: Dom Paulo Mendes e o trabalhador brasileiro

Mais de 350 bispos estão reunidos em Aparecida, SP, desde a última quarta-feira na 55ª Assembleia Geral da CNBB, Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.

Os encontros se realizam no complexo do Santuário Nacional, divididos entre reuniões no Centro de Eventos Padre Vitor Coelho de Almeida, e missas na Basílica de Nossa Senhora Aparecida.

Neste final de semana tivemos o Retiro dos bispos que se concluiu neste domingo com a celebração Eucarística. O pregador do Retiro foi o Abade trapista Dom Bernardo Bonowitz. As atividades foram retomadas nesta segunda-feira com a celebração da Santa Missa no Santuário Nacional, presidida por Dom Guilherme Werlang, Arcebispo de Goiania. Recordamos que a Assembleia Geral termina na sexta-feira próxima, dia 5 de maio.

O tema central do encontro é a iniciação cristã, tema baseado nas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora para o Brasil, documento que define as necessidades de trabalho da Igreja Católica no país para o período de 2015 a 2019.

Ainda durante os trabalhos outros assuntos estão ganhando a atenção dos bispos como temas relacionados à realidade socioeconômica e política do Brasil.

Outro ponto importante para os trabalhos da Assembleia é a apresentação de documentos sobre os ritos católicos. Ao menos dois subsídios que tratam do tema devem ser apreciados e debatidos pelos bispos ainda nesta semana.

A programação conta ainda com uma celebração Ecumênica amanhã, dia 2 de maio, recordando os 500 anos da Reforma Protestante. Na quinta-feira, dia 4 de maio, será realizada uma Sessão Mariana, em comemoração pelos 300 anos do Encontro da Imagem de Nossa Senhora Aparecida e 100 anos das Aparições de Fátima.

Mas sobre os trabalhos, nós conversamos com Dom Paulo Mendes, Arcebispo de Uberaba: Radio Vaticana.

Fonte: br.radiovaticana.va

Compartilhe!
0 respostas

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *