III Missão Jovem Estigmatina

De 15 a 18 de junho de 2017 aconteceu, no Santuário N. S. D’ Abadia, em Uberaba-MG, a III Missão Jovem estigmatina da Província São José. Cerca de 60 jovens missionários provenientes das Paróquias: N. S. do Carmo de Morrinhos-GO; Santíssima Trindade de Goiatuba-GO; Divino Pai Eterno de Panamá-GO; Sagrados Estigmas e Sto. Expedito de Goiânia-GO; N. S. Aparecida e Sta. Edwiges de Goiânia-GO; Sta. Cruz e Sta. Edwiges de Brasília-DF; São Gaspar Bertoni de Belo Horizonte-MG; Sta. Edwiges de Várzea Grande-MT; N. S. de Fátima de Palmas-TO; dois jovens da Província Sta. Cruz, além dos seminaristas da Província e os noviços das duas Províncias do Brasil, participaram desta edição com o tema: “Duvidaram da minha missão, logo eu que sou jovem”.

Pela manhã do 1° dia, os jovens participaram da confecção dos tapetes de Corpus Christi, da missa campal na praça D’ Abadia e da procissão. À tarde, os jovens Vitor e Thaís apresentaram a realidade juvenil do Santuário e, em seguida, Pe. Isaac, Edviges, Jaqueline e Rodrigo, em uma roda de conversa, apresentaram o sentido de ser missionário jovem. À noite, houve a caminhada pela Paz e a recitação do terço missionário no Parque das Acácias. Encerrou-se o primeiro dia, com um delicioso jantar servido na Comunidade N. S. D’ Alegria. O segundo dia, foi marcado por um momento de espiritualidade estigmatina, a seguir, procedeu-se às visitas: Asilo Santo Antônio, Hospital Escola e aos jovens de Uberaba. O dia foi encerrado com um “luau” organizado pelos líderes jovens, dos movimentos juvenis da Arquidiocese de Uberaba.

No 3° dia, após um momento mariano, os 80 jovens missionários, incluindo os missionários de Uberaba, seguiram para a “Casa de Recuperação Nova Jerusalém”, onde conduziram um momento de animação, dinâmica e espiritualidade com os internos. Foi um momento de rica troca de experiências, com destaque para o testemunho de um interno sobre sua vida, desafios e perspectivas. Pela tarde, mais uma sessão de visitas: grupos foram escalados para visitar: duas casas de acolhida uma de meninas entre 12 e 17 anos em situação de vulnerabilidade e outra de mulheres, em tratamento contra dependências químicas e abusos sexuais, além de jovens de Uberaba. Encerram-se, as atividades do dia, com a festa “Cristo Collor” sob a animação da banda Brisa Leve, de Araxá, MG.

No último dia de missão, os jovens entregaram panfletos na feira do bairro da Abadia e, em seguida, participaram da Celebração Eucarística presidida por Pe. Isaac, e co-presidida pelos padres: Silvino, Bruno, Valmir, Márcio e Divino Caixeta. Por fim, fez-se a avaliação da missão jovem e serviu-se um apetitoso almoço de despedida. Quanta alegria, aprendizado e esperanças. Cada jovem, com certeza, pode experimentar e vivenciar momentos de graça e de ternura, nas atividades desenvolvidas. A cada jovem presente, muito obrigado pelo protagonismo. Aos jovens acolhedores de Uberaba, sincera gratidão, vocês surpreenderam, Parabéns! À comunidade religiosa e equipe formativa, muito obrigado por tudo, Deus lhes pague pela credibilidade depositada na pastoral juvenil estigmatina – JUVEST da Província São José.

III-Missão-Jovem-Estigmatina

Fonte: jovensconectados.org.br

Compartilhe!
0 respostas

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *