100 jovens do Brasil se preparam para encontro global na cidade de Assis que vai discutir a economia de Francisco

O papa Francisco convidou no ano de 2019 jovens do mundo inteiro a se reunir  na cidade de Assis – terra onde viveu e morreram os santos São Francisco, Santa Clara e companheiros -, para construir um novo pacto econômico, em busca de uma economia que faz viver e não mata, inclui e não exclui, humaniza e não desumaniza, cuida da criação e não a devasta.

O evento programado para 2020 foi adiado devido a pandemia da Covid-19. Mas, durante esse período muitas atividades aconteceram de modo virtual e com encontros presenciais pelo Brasil inteiro. A Articulação Brasileira pela Economia de Francisco e Clara (ABEFC), composta por jovens selecionados para o evento global,  professores, pesquisadores, ativistas sociais, movimentos e entidades da sociedade civil compõem esse grupo que busca ampliar as propostas de novo pacto econômico.

A começar pelo nome, a Articulação inseriu o nome de Clara, ao propor ao papa e aos jovens do mundo inteiro que se buscamos um novo modo de produzir a economia ela terá de representar o caminhar lado a lado de mulheres e homens. Então, a Economia de Francisco e Clara articula em espaços sociais, religiosos e sobretudo populares a compreensão de que é necessário pensar a economia de forma humana e ecológica e exige um basta nas limitações do pensamento econômico vigente que em nome de interesses de corporações e do 1% da humanidade, nos referimos aos mais ricos, enquanto 99% passa pela tensão de não efetivarmos compromissos globais de freio às mudanças climáticas, a não priorização dos mais pobres no orçamento dos governos promovendo políticas públicas de inclusão social e produtiva e as violências financeiras promovidas por grandes negócios nas cidades, bairros e comunidades que em nada decidem sobre seu futuro.

Programação em Assis

E, essas discussões finalmente encontrarão um espaço global de ressoar. Neste mês de setembro de 2022, mil jovens do mundo inteiro, dentre os quais 100 jovens brasileiros participarão presencialmente na cidade de Assis para o evento global com o tema Papa Francisco e Jovens de Todo o Mundo para a Economia de Amanhã.  A organização conta com o apoio da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), da Rede Igrejas e Mineração, Grupo de Reflexão e Trabalho para a Economia de Francisco e Clara da PUC Minas e Casa Galilei.

O evento em Assis buscará consolidar uma comunidade global ‘A Economia de Francisco e Clara’ com a realizados de painéis sobre as colheitas da “Economy of Francesco” que apontarão os trabalhos já produzidos no mundo inteiro. Além disso, os encontros serão organizados no formato de vilas que debaterão temas como trabalho e cuidado, economia e as mulheres, políticas para a felicidade, vida e estilo de vida, negócios e paz, negócios em transição, desigualdades, energia e pobreza, finanças e humanidades, vocação e lucro e agricultura e justiça.

A programação completa do evento, que acontecerá entre o Teatro Lyrick e o Palaeventi de Santa Maria degli Angeli e o centro histórico de Assis, se concentrará na reunião de ideias e experiências geradas ao redor do mundo durante os últimos três anos, desde o chamado do Papa Francisco em 1º de maio de 2019.

Os palestrantes do evento são pessoas de referência para a Economia de Francisco e Clara: Vandana Shiva, Jeffrey Sachs, Kate Raworth, Gael Giraud, Sabina Alkire, Irmã Helen Alford, padre Vilson Groh e Stefano Zamagni. Haverá também momentos de imersão na cidade, como visitas guiadas à Basílica de São Francisco e à Basílica de Santa Maria de los Ángeles e o espetáculo O Sonho, oferecido pelos convidados do Instituto Seráfico.

Encontro dos jovens com o Papa

A irmã indígena Elis Alberta é uma das jovens da delegação brasileira. | Fotos: arquivo pessoal.

No dia 24 de setembro, o Papa chegará a Assis por volta das 9h30, horário local. Francisco terá um encontro com os jovens, caracterizado por um momento artístico teatral e pelas experiências  contadas por oito jovens. Às 10 horas da manhã, o Pontífice, após um momento artístico e cultural, haverá uma acolhida, uma introdução e oito depoimentos de jovens de todo o mundo. O Santo Padre fará então seu discurso e assinará o Pacto com os jovens da Eof.

Uma das brasileiras que participará do encontro é a religiosa consagrada da Congregação das Irmãs da Divina  Providência, a irmã Elis Alberta Santos. Indígena do Povo Mura, da região do médio Amazonas, ela é membro da Coordenação Nacional da ABEFC e Articuladora da Economia de Francisco e Clara em Manaus (AM) e no regional Norte 1 da CNBB. Também integra a coordenação do Comitê da Repam do Regional Norte 1.

No encontro, ela vai levar a voz dos indígenas que estão tendo seus direitos negados e não reconhecidos. “Eu ocupo um lugar de fala dentro da ABEFC a partir da minha identidade indígena e do meu território periférico e também como religiosa consagrada”, disse. A mestre em antropologia social desenvolve sua pesquisa na perspectiva indígena baseada na ideia do bem viver e do cuidado com a ecologia.

Ela sonha que mais economias do amanhã surjam a partir da proposta do Papa e de todo movimento global que está sendo criado pelas juventudes de diversos lugares do mundo que se encontrarão em Assis para alimentar a Esperança numa nova economia.

“Eu acredito muito no movimento da economia de Clara e Francisco e por isto integro a articulação. Tenho sonhos e perspectivas a partir da periferia onde estou inserida na cidade de Manaus de criar projetos que se contraponham à lógica do mercado que continuam a invadir nossos territórios, derrubando nossas florestas, mantando nossos corpos”,  disse.

Agenda dos jovens brasileiros em Assis e Roma

A Articulação Brasileira para a Economia da Francisco e Clara (ABEFC) juntamente com a rede de Igrejas e Mineração, com o apoio do Grupo de Reflexão e Trabalho para a Economia de Francisco e Clara da PUC Minas e a Casa Galileia propõem espaços de reflexão e diálogo sobre novos paradigmas para a economia e o papel das igrejas na construção de uma “economia samaritana”.

– 20 de setembro, às 15 horas na Pontificia Comision para America Latina, Via della Conciliazione 1 , piso 4: No documento que será apresentado jovens latino-americanos destacarão o papel da mulheres em alternativas econômicas. “A Economia, substantivo feminino. Inspirados em Clara e Francisco, expressamos o desejo de uma mudança profunda na  abordagem até agora estabelecida para as relações econômicas”, sustenta o texto. Como orientação coletiva resultante de um dia de reflexões, encontros e escuta das realidades, a cartilha apresenta princípios para viver a economia de Francisco e Clara a partir das ações das Igrejas, numa abordagem da Ecologia Integral, Desenvolvimento Integral, anticapitalista alternativas, nos Bens Comuns, e outras práticas.

– 21 de setembro, Em diálogo prévio ao encontro com o Santo Padre em Assis, que acontece entre os dias 22 e 24 de setembro, o grupo da América Latina propõe um diálogo sobre o papel das congregações na proposição de novos paradigmas: da competição à colaboração; da exploração à sustentabilidade; da acumulação à distribuição; do desequilíbrio nas relações entre pessoas e países ao comércio justo; do consumo desenfreado ao consumo responsável.

Confira abaixo a programação (aqui)

22 de setembro – O encontro, a festa e a colheita

9h às 17h
– Grande sessão de abertura do evento: Ouvindo a vida. Na noite e até o amanhecer
– A colheita da Economia de Francisco: Os jovens lideram sessões, discursos e mesas redondas para apresentar ideias e projetos, para abordar questões econômicas e desafios contemporâneos.
– A única guerra justa é aquela que não estamos lutando: Mesa redonda sobre solidariedade internacional e prevenção de conflitos armados com Martina Pignatti (Un ponte per, Uma ponte para).
– Apresentação de projetos – sessões de pôsteres – incubadora de ideias – desafios globais e locais: Oficinas artísticas e rodas de conversas.
– Desacelerar – reflexão e conversa interior

17h – Sessão Plenária: A Economia de Francisco e seus embaixadores: Pe. Gael Giraud (França), Stefano Zamagni (Itália), Helen Alford (EUA), Pe. Vilson Groh (Brasil), Leonardo Bechetti (Itália), Jeffrey Sachs (EUA) e Kate Raworth (Inglaterra).
19h – Il Sogno, O Sonho. – Desempenho juvenil do Seraphic Institute

23 de setembro – As vilas e as novas ideias

9h – Face a face com Francisco (Visitando Assis)
11h – 12 Vilas da Economia de Francisco: trabalho e cuidado, economia e as mulheres, políticas para a felicidade, vida e estilo de vida, negócios e paz, negócios em transição, desigualdades, energia e pobreza, finanças e humanidades, vocação e lucro e agricultura e justiça.
18h – Conferências
– A Economia de Francesco: uma nova economia construída pela juventude com Speakers: Federica Ammaturo, Natalia Gutiérrez, Sohan Patrick e Gael Giraud.
– ‘É só dando que se recebe’ com Speakers: Juan M Gil-Barragan, Kathleen Zegarra, Diana Salgado e Vandana Shiva.
– Os caminhos para um novo pacto educativo e econômico: construindo pontes entre o centro e a periferia com Speakers: Gabriela Consolaro Nabozny, Daiane Zito e Pe. Vilson Groh.
– Fraternidade Universal: uma ideia que pode mudar o mundo com Speakers: Gloria Imumpaye, Marcia King, Vincent Chee e Helen Alford.
– Contra a gerencialização da sociedade: a perspectiva da economia de Francisco com Speakers: Diletta Pasqualotto, Tamiris Resende, Enrico Marcazzan e Stefano Zamagni.
– Meritocracia, avaliação, excelência: o caso das universidades e da pesquisa com Speakers: Valentina Erasmo, Francesco Sylos-Labini e Maria Jordet.

20h: Workshops
1. Novos modelos de negócios para o florescimento humano e regeneração ecológica
2. Uma nova educação econômica para uma nova sociedade
3. Histórias de negócios para impacto
4. Histórias inspiradoras para transformar nossa Economia em uma Economia de Francesco (EoF) dos quatro cantos do mundo
5. Praticando a economia integral na Escola Buen Vivir para uma Harmonia com a Natureza

24 de setembro: O pacto e o futuro em comum
9h – 12h: Encontro com o Papa Francisco e o Pacto Economia de Francisco
– Papa Francisco chega a Assis
– Encontro do Papa Francisco com os jovens
– Apresentação e espetáculo teatral
– A Economia de Francesco contada pelos jovens
– Palestra do Papa Francisco
– Leitura e assinatura do Pacto Economia de Francisco

– 23 de setembro, à noite, entre a Igreja de São Francisco e a Basílica de Santa Clara, em Assis: Caminhada dos mártires do capitalismo ‘Denuncia a Economia que mata’.

Para celebrar do Brasil
Uma parceria entre a Articulação Brasileira pela Economia de Francisco e Clara e o Regional Sul 4 da CNBB promove o Celebrar a Economia de Francisco e Clara. Para isto, construíram uma sugestão de roteiro para o XXVI Domingo do Tempo Comum. Segue os arquivos da celebração (aqui)

Compartilhe:

© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por
© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por