Beato Francisco de Paula Victor, o pároco generoso!

Pároco generoso! Assim o Beato Francisco de Paula Victor foi descrito por Sua Santidade o Papa Francisco em 2015. Além disso, o beato foi apresentado: “excelente na catequese e na ministração dos sacramentos, se distingue sobretudo por sua grande humildade. Possa seu extraordinário testemunho servir de modelo para todos os sacerdotes, chamados a ser humildes servidores do povo de Deus” (Papa Francisco, 2015).

A memória do Beato Francisco de Paulo Victor é celebrada no dia 23 de setembro. Ele é tido como grande exemplo para o povo da região de Três Pontas (MG). Padre Victor, como carinhosamente é chamado, nasceu na cidade de Campanha, no Sul de Minas Gerais, em 12 de abril de 1827. É considerado como sendo o primeiro beato ex-escravo nascido no Brasil. Chegou a ser alfaiate; contudo, em seu coração, o chamado de Deus para vivenciar o sacerdócio nunca o abandonou. Entrou no seminário em 05 de junho de 1849 e foi ordenado em 14 de junho de 1851. Em 1852, foi para a cidade de Três Pontas, tornando-se vigário e posteriormente pároco. Viveu ali os 53 anos de sacerdócio antes de sua páscoa definitiva. Conduziu a paróquia com um grande zelo pastoral; todavia, o preconceito era grande na época e ele teve que enfrentar muitos obstáculos. Mesmo rezando a missa com a igreja quase que vazia, ele nunca desistiu de sua grande missão que era levar o amor de Deus para todos.

Padre Victor morreu em 23 de setembro de 1905.  Contudo, deixou um grande legado. O Cardeal Raymundo Damasceno assim diz: “Pobre no meio dos pobres sempre em favor das periferias existenciais. Padre Victor fundou escolas, edificou hospitais e santificou pela coerência de vida. Não tinha vergonha de sua cor e fez de sua pobreza material a riqueza de seu caráter e de sua santidade. Padre Victor entendeu a mentalidade agrícola e rural de seu tempo. Valorizou os trabalhadores rurais e os proprietários, pregando a harmonia e a justiça social”. Foi beatificado no dia 14 de novembro de 2015, em Três Pontas.

Que, através do testemunho do Beato Francisco de Paula Victor, possamos ser testemunhas fiéis do amor ao próximo, por meio da caridade e auxiliando a todos que necessitam. Rezemos: “Ó Deus, Vós modelastes o Beato Francisco de Paula Vítor segundo o coração de Vosso Filho Jesus. Pelo bem que fez às crianças e aos pobres, concedei-nos a virtude da caridade, para amarmos a Vós e aos irmãos e irmãs. Por Cristo, Nosso Senhor. Amém!”


Seminarista David Washington

1º ano da etapa da configuração (Teologia)

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por
© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por