Comissão Arquidiocesana para a proteção de menores e de pessoas vulneráveis – CAPMPV

DOM PAULO MENDES PEIXOTO

Por mercê de Deus e da Santa Sé Apostólica

Arcebispo Metropolitano de Uberaba

COMUNICADO

Reconhecendo o momento doloroso que todo o mundo sofre, de maneira especial a Igreja Católica, com as fraquezas que assolam o ser humano, a Arquidiocese de Uberaba, obediente à determinação do Papa Francisco, na pessoa do Sr. Arcebispo, Dom Paulo Mendes Peixoto, faz saber a todos que: Constituiu-se em nossa Arquidiocese de Uberaba a COMISSÃO ARQUIDIOCESANA PARA A PROTEÇÃO DE MENORES E DE PESSOAS VULNERÁVEIS – CAPMPV.

ESTA COMISSÃO É COMPOSTA POR PADRES, LEIGAS E LEIGOS, pessoas capacitadas, experientes e especialistas para receber as queixas de qualquer pessoa que sofreu ou venha a sofrer abusos quer sexual, quer de poder por parte de autoridades da Igreja, seja do Arcebispo, padres ou membros de Institutos de Vida Consagrada e de Sociedade de Vida Apostólica desta Igreja Particular.

A Comissão se compromete em resguardar a integridade da vítima, acompanhando-a no que for preciso nesta situação tão delicada e sofrida. As providências serão tomadas e a Arquidiocese se coloca à disposição para colaborar com as autoridades civis competentes para apurar e punir todo e qualquer crime cometido por quaisquer de seus membros.

É com preocupação que damos esta informação e a simples possibilidade de ter ocorrido abusos no seio da Igreja nos deixa apreensivos, entristecidos por serem tão devastadores os seus efeitos, e por ser uma conduta tão contrária ao serviço do Evangelho. Temos o propósito firme de estar ao lado do Papa Francisco na luta decidida para afastar este mal da Santa Mãe Igreja.

Dada e passado na Cúria Metropolitana de Uberaba, sob o selo e sinal de nossas Armas, aos 16 dias do mês de dezembro de 2019.

CONTATO DA COMISSÃO: [email protected]

Dom Paulo Mendes Peixoto

Arcebispo Metropolitano

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por
© Copyright Arquidiocese de Uberaba.
Feito com por