EDITORIAL

Caro irmão, querida irmã!

Vamos dar início ao Ciclo do Natal. É um tempo de Esperança!

Você pode até me dizer que o verdadeiro cristão tem a esperança impregnada na pele, vivendo-a o ano inteiro, todos os dias de sua vida. Entretanto, no Natal ela aflora mais, a esperança tende a estar no ar, na conversa com o vizinho, no trato com o colega do trabalho e, sobretudo, na convivência familiar.

Também pudera, estamos nos preparando para mais um NASCIMENTO DO MENINO JESUS em nosso meio. ELE que dividiu a cronologia ao meio (antes de Cristo e depois de Cristo), insiste em ficar conosco.  Vai renascer nos alertando mais uma vez sobre seus MANDAMENTOS DE SALVAÇÃO.

Esta edição do Jornal Metropolitano de dezembro dá um destaque especial para o Ciclo de Natal e nos conclama a praticar os ensinamentos do Menino Deus. Ah, estamos “carecas” de saber de seus mandamentos, dos sacramentos da Igreja e conhecemos bem a Bíblia. Sabemos de tudo isto, mas acaso vivenciamos estas coisas no dia a dia, nos momentos de felicidade, de conquistas ou deixamos para nos lembrarmos DELE só nas horas difíceis, de doenças, da necessidade de uma GRAÇA?!

Estamos vivendo o Advento, momento que nos chama à conversão. O Metropolitano convida a refletir sobre esta mudança. Não pode ser uma proposta da boca para fora, é preciso que haja transformação interior e ações externas que realmente demonstrem o HOMEM NOVO, a MULHER NOVA que surgem. Tudo isto é possível e não deve ser mais protelado. Tome atitude, dê o passo que o PAI CELESTE lhe dará chão.

Também nesta edição trazemos material que detalha o novo Sínodo dos Bispos. Convocado pelo Papa Francisco, o Sínodo é dividido em três momentos: Universal – em 2023 no Vaticano; Continental – em meados de 2022 e Diocesano – cuja abertura foi marcada para este começo de dezembro.

O Sínodo nos conclama a caminharmos juntos. Em Uberaba, conta com uma comissão, liderada por Monsenhor Valmir Ribeiro. A missão do grupo é de animar todo o povo arquidiocesano, no tempo do Ouvir, tempo da Escuta. Como bem ressalta Monsenhor Valmir, este é um tempo propício para sonhar e agir para uma nova Igreja alicerçada no tripé: Comunhão, Participação e Missão.

Fique atento em sua paróquia ou comunidade. Você será convidado a participar deste novo momento de Ser Igreja.

Feliz Natal, feliz ação sinodal!

Rubério Santos
Jornalista

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por
© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por