Encenação da Paixão de Cristo reúne centenas de devotos no Santuário Basílica Nossa Senhora D’Abadia

Após dois anos sem a tradicional encenação da Paixão de Cristo em razão da pandemia da Covid-19, a Pastoral de Comunicação (Pascom) do Santuário Basílica Nossa Senhora D’Abadia realizou este ano uma emocionante apresentação com o apoio de várias pastorais, movimentos e da juventude. A encenação contou com a participação de mais de 40 pessoas, entre atores, equipe técnica, bastidores e organização. O momento foi marcado por grande devoção e atraiu centenas de fiéis.

A apresentação teatral foi destaque com a publicação de matérias e reportagens na imprensa local. A atuação representou momentos bíblicos que visavam descrever não só a morte de Jesus Cristo, como também proporcionar reflexão a todos os devotos presentes. “Comecei a participar efetivamente da encenação há cerca de 16 anos. A iniciativa foi do grupo de jovens e, de início, eu auxiliava no que era preciso. Depois de um tempo, assumi, junto com minha filha Juliana, essa apresentação de uma forma mais direta. De lá pra cá fomos desenvolvendo cada vez mais a encenação, comprando mais figurinos, fazendo campanha, juntando mais roupas. A cada ano, tentamos acrescentar alguma coisa ligada ao tema da Campanha da Fraternidade. A gente sabe que não é um simples teatro; nós revivemos por meio da encenação os passos dolorosos de Jesus. Então, é um momento para as pessoas se sentirem tocadas, um momento de grande oportunidade para a evangelização”, explica a coordenadora da Pascom, Lilian Linhares.

O teatro aconteceu após a celebração das 15h, no pátio do Santuário Basílica. “A encenação foi marcada por grande emoção, piedade e oração. Os efeitos na iluminação e no som trouxeram ao ambiente uma beleza plástica e espiritual que levou muitos a viverem o momento da Paixão de Cristo com devoção e profundo silêncio.  Após a encenação, que rezou nas 14 estações da Via Sacra, aconteceu a piedosa procissão do Senhor Morto. A imagem foi colocada no interior da Basílica, momento em que os fiéis se aproximaram para reverenciar a imagem e levar um raminho abençoado para casa”, pontuou o pároco do Santuário Basílica Nossa Senhora D’Abadia, padre Alexsandro Ribeiro Nunes.

A Semana Santa teve participação recorde de fiéis após o período de pandemia, em que eram restritas as participações presenciais. As celebrações foram transmitidas e disponibilizadas nas redes oficiais do Santuário Basílica.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por
© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por