Em 2019 o Mês Missionário para uma Igreja ad gentes

Apresentado no Vaticano o Mês Missionário extraordinário convocado pelo Papa Francisco para outubro de 2019

Eugenio Murrali – Cidade do Vaticano

É um convite para a Igreja a responder à sua responsabilidade missionária no Mês desejado pelo Pontífice para o próximo outubro de 2019, cem anos depois da Carta Apostólica “Maximum Illud” de Bento XV. O Papa Francisco o anunciara durante o Angelus de 22 de outubro de 2017 e o convocou com uma carta enviada ao card. Fernando Filoni, prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, que hoje apresentou a iniciativa na última sexta-feira (30/11) na Sala de Imprensa da Santa Sé juntamente com Mons. Giampietro dal Toso, presidente das Pontifícias Obras Missionárias, e padre Fabrizio Meroni, secretário geral da Pontifícia União Missionária.

O tema escolhido pelo Papa Francisco

“Batizados e enviados: A Igreja de Cristo em Missão” é o título escolhido pelo Pontífice para o Mês Extraordinário. Toda pessoa batizada é chamada a ser missionária. A missão é entendida como uma proposta de fé que Deus faz ao homem, uma “proposta de fé” – observa Mons. Dal Toso – que parte de Deus, que vem ao nosso encontro no seu filho Jesus Cristo e se entrega à liberdade do homem”. Observa o card. Filoni: “Se uma pessoa ama, imediatamente estabelece relações. Ele telefona, se encontra, escreve, tem o desejo de sair. Tudo o que é feito por amor cria um relacionamento fundamental. A missionariedade, se nasce de uma fé que se ama, é relacionamento”. E ainda: “Não há nenhum aspecto da nossa atividade que não se refira à missão”. As igrejas locais também no Ocidente devem assumir essa responsabilidade de missão.

As iniciativas para o mês missionário

Para acompanhar uma verdadeira comunicação da missionariedade foi criado também um site, www.october2019.va, apresentado na coletiva de imprensa. “O site nasce para promover e animar o Mês Missionário Extraordinário Outubro de 2019 – explica padre Fabrizio Meroni -, de modo a contribuir, através dos conteúdos multimídia que serão inseridos, a inspirar o tempo de oração e a reflexão sobre a missio ad gentes de todos cristãos”.

O Guia para as Igrejas Locais

Além do site, há um Guia, construído em conjunto com as Igrejas locais, para melhor enfrentar os desafios da evangelização, sempre levando em consideração o contexto. O Guia retoma as dimensões espirituais indicadas pelo Papa Francisco: o encontro pessoal com Jesus Cristo vivo na Igreja; o testemunho dos santos e mártires da missão; a formação catequética à missão e a caridade missionária.

Fonte: Vatican News

 

LEIA MAIS

Mês Missionário Extraordinário
Compartilhe!
0 respostas

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *