No próximo domingo, Campanha para a Evangelização convida ao cuidado com os irmãos

No próximo domingo, dia 15 de dezembro, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) promove a Coleta Nacional da Campanha para a Evangelização. Neste tempo do Advento, todas as comunidades do Brasil são chamadas a praticar o cuidado e a colaborar com as atividades evangelizadoras.

O arcebispo de Belo Horizonte (MG) e presidente da CNBB, dom Walmor Oliveira de Azevedo, motiva, no vídeo abaixo, a participação neste momento ressaltando que é compromisso dos cristãos contribuir para que outras pessoas descubram o dom da fé e se tornem discípulos e discípulas de Jesus. “Somos todos responsáveis pelos trabalhos que a Igreja realiza no anúncio do Evangelho. Cuidado com os pobres e fortalecimento da rede de comunidades”.

Para despertar, no tempo do Advento, a consciência de que o menino Deus, sol nascente que nos veio visitar (Lc 1,78), e que permitiu-se ser cuidado na fragilidade de uma criança, o presidente da CNBB também nos convida a cuidar uns dos outros. É preciso cuidar do anúncio da Palavra; cuidar dos pobres e cuidar da comunidade. A participação consciente de cada um, sinal de comunhão missionária, nos coloca em atitude de doação de tudo aquilo que somos e temos em favor da Igreja e da sua ação pastoral. É consequência do “Sentir com a Igreja”.

A Campanha para a Evangelização completa 21 anos em 2019. Foi aprovada pela 35ª Assembleia Geral da CNBB, em 1997, e realizada pela primeira vez no advento de 1998.

Destino dos recursos

Do total arrecadado com as doações e gesto concreto de colaboração na Coleta da Campanha para a Evangelização 45% é destinado para o trabalho de evangelização realizado pelas arquidioceses, dioceses e prelazias. Os 18 regionais da CNBB contam com 20% para fortalecer seus projetos de evangelização. A CNBB conta com 35% do valor arrecadado para potencializar o trabalho pastoral e de evangelização da entidade, entre eles, o trabalho desenvolvido por suas comissões episcopais pastorais, publicações, entre outras.

Os recursos, reforçou dom Walmor,  são destinados para apoiar inúmeras iniciativas da Igreja no Brasil no serviço da evangelização, da dinamização das pastorais, na luta pela justiça social, nas experiências missionárias das Igrejas irmãs e na missão ad gentes.

Assista ao vídeo de dom Walmor Oliveira, presidente da CNBB:

Fonte: CNBB

 

Compartilhe!
0 respostas

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *