Laços fraternos: Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Paróquia São Domingos

A Paróquia Nossa Senhora de Fátima participou do Tríduo em Louvor à São Domingos de Gusmão no dia 05 de agosto, abertura do Tríduo, data em que o Pároco Frei Anízio Rodrigues, OFM, presidiu a Santa Missa.

No dia 08 de agosto, Frei Manoel Barbosa, OFM, Frei Reinaldo Augusto, OFM e Frei Anízio Rodrigues, OFM retornaram para concelebrar a Solenidade de São Domingos de Gusmão presidida pelo recém ordenado, Padre Otávio Henrique Spineli Silva.

Estiveram presentes também, a Fraternidade Leiga Dominicana e a Ordem Franciscana Secular, representadas por suas integrantes que com constante dedicação cooperam em suas Paróquias São Domingos e Nossa Senhora de Fátima.

Grande número de paroquianos acorreu à tradicional Igreja dominicana de Uberaba, primeira Casa de São Domingos no Brasil, manifestando sua devoção à São Domingos de Gusmão e seu apreço e adesão ao carisma da Ordem dos Pregadores.

Nesta Santa Missa foram celebrados também, os 35 anos de ordenação sacerdotal do Frei Antônio Eduardo Damasceno, OP, o querido Frei Toninho, que já foi Pároco da Paróquia São Domingos.

Após a celebração, houve uma confraternização entre os Frades Dominicanos e os Frades Franciscanos, mais uma vez reafirmando os laços que os unem e que replicam, ao longo dos séculos, o fraterno vínculo espiritual entre São Domingos de Gusmão e São Francisco de Assis.

A Paróquia Nossa Senhora de Fátima externou a sua gratidão e prestou uma homenagem a São Domingos de Gusmão e à Paroquia São Domingos por meio de um vídeo, em que são evocados elementos importantes de sua história em comum.

Foi Frei Alberto Chambert, OP, o responsável pela edificação da primeira Casa de São Domingos no Brasil, o Convento Dominicano de Uberaba, contíguo ao Santuário Central do Rosário, que a partir de 1940 se tornaria a Paróquia São Domingos. Também a construção da Capela Nossa Senhora de Fátima foi responsabilidade do Frei Alberto Chambert, iniciada em 1942 e inaugurada em 20 de maio de 1945.

A partir de 1970, a Ordem dos Frades Menores passou a dirigir a Paróquia Nossa Senhora de Fátima, criada em 1942 pelo ainda Bispo Dom Alexandre Gonçalves do Amaral.

Essa caminhada sinodal encetada ao longo de décadas em Uberaba, tem sobretudo, um laço profundo que se destaca entre os compromissos espirituais das duas Paróquias: ambas se dedicam com amor, esperança e fé ao culto especial prestado à Maria Santíssima pela Igreja Católica. Nossa Senhora do Rosário estende sobre elas o seu manto protetor, simbolicamente, desde Fátima em Portugal e de Pompéia na Itália.

Evangelizar mediante a prática devocional da oração do Santo Rosário foi a solicitação de Nossa Senhora a São Domingos de Gusmão, um ponto fundamental que se rememora com muita gratidão nesta data comemorativa tão importante para os Dominicanos e para todos que se convertem e se dedicam a essa manifestação de fé e de piedade, indispensável para a conquista da paz no mundo e a implantação do Reino dos Céus na Terra.

PASCOM da Paróquia Nossa Senhora de Fátima

Uberaba, 09 de agosto de 2022

 

Padre Otávio Henrique, ex-noviço dominicano, Frei Toninho, OP, 35 anos de ordenação sacerdotal (08/08/87) e Frei Anízio Rodrigues, OFM

 

Fraternidade Leiga Dominicana

Ordem Franciscana Secular

Relíquia de São Domingos de Gusmão

Compartilhe:

© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por
© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por