Encontro da Plenitude reúne famílias da paróquia de Santa Teresinha

A paróquia de Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face, em Uberaba (MG), realizou no final do mês de março o seu Encontro da Plenitude. O evento que aconteceu no Centro de Cultura e Espiritualidade São Tomás de Aquino, no bairro Jardim Induberaba, foi coordenado pela Pastoral Familiar daquela comunidade e reuniu mais de 130 pessoas, que puderam aprofundar os seus conhecimentos de formação e espiritualidade para o fortalecimento da família.

Durante o encontro, foram apresentados os seguintes temas: A Administração do Tempo, assunto enriquecedor, ministrado pelos coordenadores arquidiocesano da Pastoral Familiar, Freud Martinelli e Solange Martinelli. Em seguida, os encontristas assistiram a instrutiva palestra da coaching e escritora Viviane Guerra, que abordou o tema: Motivação e Liderança para famílias.

Por fim, o pároco de Santa Teresinha, Monsenhor Célio Lima, desenvolveu uma catequese sobre o Pecado e suas Consequências, momento em que as famílias puderam tirar as suas dúvidas em relação ao tema. Logo após, foi celebrada Santa Missa para os presentes, seguida de um saboroso almoço promovido pelos voluntários da paróquia.

De acordo com o casal coordenador da Pastoral Familiar em Santa Teresinha, Sebastião Adelino e Aparecida Sônia, o Encontro da Plenitude foi um sucesso de participação e enriquecedor para o conhecimento de temas que não são muito discutidos pelas famílias nos dias de hoje.

Na oportunidade, os coordenadores agradeceram o apoio da comunidade paroquial, em especial aos participantes e palestrantes.  Para o Monsenhor Célio, o momento da plenitude é acima de tudo um encontro das famílias com o amor de Deus, tempo de reflexão, conhecimento, oração e espiritualidade. Logo após o evento, foi rezado o Terço das Famílias na praça de Santa Teresinha, realizado sempre na última semana de cada mês.

Pascom Região Catedral – Paróquia de Santa Teresinha

Confira fotos:

Fotos: Pastoral da Comunicação da Paróquia de Santa Teresinha

 

 

Compartilhe!

Paróquia de Santa Teresinha promove “Oração das Mil Ave Marias”

Na noite do dia 1º de abril, foi realizada na paróquia de Santa Teresinha a “Oração das Mil Ave Marias” em louvor a Nossa Senhora do Carmo e amor a Santa Teresinha. Por iniciativa do Terço dos Homens, movimento criado há mais de cinco anos na paróquia, esta foi a primeira vez que os fiéis da comunidade realizaram o momento.

De acordo com os participantes, foram cinco horas “abençoadas e especiais para aqueles que dedicaram algumas horas do dia para amar e venerar a rainha do céu e da terra”, descreveram. Durante o período de oração, que teve início às 19 horas com término à meia-noite, mais de 60 pessoas revezaram nas preces. Segundo a coordenação do Terço dos Homens, depois desta iniciativa outros momentos semelhantes serão realizados na paróquia.

Com informações da Pastoral da Comunicação da paróquia de Santa Teresinha

 

 

Compartilhe!

Paróquia São Geraldo Majela realiza as “24 horas para o Senhor”

A Paróquia de São Geraldo Majela, no bairro Alfredo Freire, em Uberaba, realizou no último final de semana as “24 HORAS PARA O SENHOR”, iniciativa promovida pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização. Com início às 8h do dia 30 de março, sábado, e término às 8h do dia 31 de março, domingo, os fiéis recolheram-se na casa paroquial.

A iniciativa nasceu em Roma há seis anos, mas logo se tornou mundial, unindo espiritualmente ao Papa Francisco as Igrejas espalhadas nos cinco continentes, oferecendo a todos a possibilidade de fazer experiência pessoal da infinita misericórdia de Deus. O tema deste ano foi: “Nem eu te condeno” (Jo 8, 11). A jornada, que foi marcada pela Adoração Eucarística, pela reflexão e pelo convite à conversão pessoal, propõe a contemplação da imagem de Jesus, que ao invés da multidão reunida para julgar e condenar, oferece a sua infinita Misericórdia como ocasião de graça e de vida nova.

24 horas para o Senhor!

Com início às 8h do dia 30 de março, sábado, e término às 8h do dia 31 de março, domingo, nos recolhemos à presença de Jesus na Eucaristia. A Paróquia São Geraldo Majela vivenciou no último final de semana, 24 horas de Adoração ininterruptas. De bebês a pessoas de muita idade, todos, diante de Jesus, celebrando a vida, agradecendo, pedindo, ou, simplesmente, ouvindo, sendo cuidado, acarinhado…

Momento forte de abraço e acolhida a todos aqueles que buscaram por esse momento de intimidade com o Senhor. A Casa Paroquial abriu suas portas e janelas e o Espírito Santo tomou conta de tudo! Sem expectativas, sem números, apenas muito cuidado e capricho, simplicidade e aconchego… Muitos corações tocados, emoção, oração… muita oração…!

“Seja esse o sacrifício que te oferecemos, e, diante de ti, que ele seja completo, pois jamais haverá decepção para os que confiam em ti.”(Dn 3,40)

Jesus não ficou sozinho, pelo contrário. Quanta gente passou por ali! De dia ou de noite, na madrugada… muitos passaram toda a noite diante de Jesus. O encerramento aconteceu com a procissão da Casa Paroquial até a Igreja Matriz, seguida da Missa dominical.

Rejane Canedo

 

Testemunhos

“No sábado, durante o dia, não conseguimos ir na adoração, aconteceram várias coisas que nos impediram, mas já era providência divina, pois nosso bebê completaria 2 meses de vida no domingo, então tudo aconteceu de forma que pudéssemos passar a madrugada agradecendo o dom de sua vida junto à Jesus… Chegamos e as horas passaram rapidamente. Algo muito forte não queria que fôssemos embora. Pela primeira vez meu bebê dormiu a noite inteira. Nenhuma palavra é forte o suficiente para descrever a sensação de estar lá, as lágrimas corriam e o coração transportava amor… e uma pergunta que não sai da cabeça até agora: por que demorei tanto pra entender que sem Jesus não sou nada? Onde eu estava? Foi simplesmente surreal, tudo que nossa família precisava e precisa.” Ana Paula Sousa e Silva

“Ser grata é muito pouco para definir o que sentimos, foram 24 horas em estado de graça, fiquei de frente com Jesus e não tinha vontade de ir pra casa, e, estando em casa continuava em oração, sabendo que Ele estava lá, olhando por nós. Foi indescritível o sentimento de muito amor, paz espiritual e proteção divina. Enfim, ter esta oportunidade de estar tão perto pra agradecer por cada momento vivido, por todas as graças alcançadas e, principalmente, por Ele ter se entregado por todos nós… Gratidão! Gratidão!” Maria Perpétua Fraga Campos

“Por 24 horas tivemos a rica experiência de estar mais perto de Deus. Recentemente sou mãe e minha necessidade de estar mais perto de Deus ficou ainda mais forte, principalmente intercedendo pelo Brasil e por todas as mães que sofrem por causa dos seus filhos. E esse momento de oração me ajudou a rezar ainda mais intensamente, implorando a Deus por sua misericórdia.” Elizângela Santos Reis de Melo

“Foi simplesmente um momento lindo de intimidade com o Senhor, onde Ele nos revelou o quanto nos ama, demonstrando seu carinho por cada um de nós. Ele também nos motivou a pensar e refletir sobre a Quaresma, que é tempo de conversão e de voltar a ser amigo Dele, tempo para mudar de vida e colocar os nossos dons e talentos a serviço do Cristo.” Juliana Natali Barros

Fotos: Rejane Canedo

 

 

Compartilhe!

Comunidade Santa Clara promove curso gratuito preparatório para participação na celebração do Tríduo Pascal

Nos dias 23 e 30 de março e 6 e 13 de abril, a Comunidade Santa Clara vai oferecer curso gratuito preparatório para participação na celebração do Tríduo Pascal. O responsável pelo curso e celebrante convidado é o Frei Helton Barbosa Damiani, OP. O curso é gratuito, mas é preciso inscrever-se.

O curso será realizado na Comunidade Santa Clara, que está localizada à Rua Georgeta de Ávila Pimenta, nº 90 (Paralela à Av. Leopoldino de Oliveira, entre o UPA do Mirante e o UAI).

 

Inscrições

Paróquia Sagrada Família

De 13h30 h às 17 h – segunda a sexta-feira

Contato: (34) 3313-1537

Comunidade Santa Clara

Celebração da Santa Missa: 9h30 aos domingos

Antes e após a celebração é possível fazer as inscrições

Paróquia São Domingos

De 9h às 11h e de 14h às 17h – segunda a sexta-feira

Contato: (34) 3332-1261

 

Inscrições online

Você pode se inscrever online, basta preencher este formulário:

Ficha_de_Inscricao_Curso_VF

Enviá-lo preenchido para o seguinte e-mail: curso.triduopascal2019@gmail.com

 

Apresentação do Curso

A Comunidade Santa Clara se encontra em fase de constituição do grupo de fiéis que se aproximam para participar das celebrações da Santa Missa, aos domingos. Estão todos cooperando na edificação da Capela e participando, ativamente, também, das iniciativas realizadas para angariar recursos para a continuidade da obra, na parte de alvenaria.

Esse contexto sugere uma reflexão sobre a importante questão da formação dos fiéis que se aproximaram e que precisa ser realizada à medida que a rede física da Capela vai sendo desenvolvida. O objetivo é que a configuração do seu trabalho pastoral seja também definida, formando-se, conforme a orientação arquidiocesana, o Conselho Paroquial de Pastoral, CPP e as respectivas pastorais, na medida do possível.

Por esse motivo, a vivência da Quaresma e a Celebração do Tríduo Pascal, em nossa Comunidade, tem um caráter especial que pode nos auxiliar muito, em nossas reflexões e experiências pessoais e coletivas, mediante o que estudarmos, meditarmos e realizarmos juntos nesse período.

Para orientar esse processo de estudo, de compreensão e de aprofundamento na fé que permita uma consciente e intensa participação neste período tão importante para todos os cristãos e para o mundo, recebemos o concurso do Frei Helton Barbosa Damiani, que ministrará, na Comunidade Santa Clara, o Curso Preparatório para a participação no Tríduo Pascal.

Pelo fato de tratar-se de uma comunidade nascente, já engajada e bastante comprometida, porém, como toda Comunidade ou mesmo Paróquia, carente de formação continuada, Frei Helton Barbosa Damiani, ao se dispor a ministrar o Curso, também ciente disso, explicitou que era sua intenção disponibilizar-se para presidir a celebração do Tríduo Pascal, acerto que foi realizado entre ele e o Pároco da Comunidade Santa Clara, Padre Adailton Carlos da Silva Ribeiro.

Esse momento histórico no contexto da existência da nova Capela de Uberaba é muito relevante e significativo porque se formam as bases da rede física para a adequação do espaço arquitetônico à sua função religiosa e se compõe, concomitantemente, o alicerce humano de leigos e leigas que aspiram ser “sal da terra, luz do mundo e fermento na massa”. A participação é uma escolha a ser feita por todos, a quem está sendo oferecida essa oportunidade; dentro da disponibilidade de cada um e também de cada sensibilidade individual, todos poderão somar forças para compor a coletividade fraterna atuante nesse processo formativo e celebrativo.

 

SOLICITAÇÕES AOS PARTICIPANTES DO CURSO
  1. Participação na Celebração da Quarta-feira de Cinzas, Santa Missa, Bênção e Imposição das Cinzas

O convite dirigido a todos inscritos é para que iniciem sua participação do Curso, no próximo dia 06 de março, na Celebração da Quarta-feira de Cinzas, Santa Missa, Bênção e Imposição das Cinzas. A CNBB publicou, a propósito do início da Quaresma, em 2017, o seguinte texto:

“A Igreja Católica inicia hoje, com a Quarta-feira de Cinzas, o tempo litúrgico da Quaresma no qual, durante 40 dias e através da vivência do jejum, da oração e da esmola, os fiéis se preparam para a Semana Santa em que se atualizam os mistérios da Paixão, Morte e Ressurreição do Senhor Jesus.

Neste tempo, os fiéis estão chamados à conversão pessoal, exortação que durante a imposição das Cinzas o celebrante expressa com as palavras: “Convertei-vos e crede no Evangelho”. Do mesmo modo, com a expressão “Lembra-te de que és pó e ao pó voltarás”, recorda-se a fragilidade da vida humana e que a morte é um destino inevitável. Na Roma antiga, os fiéis começavam com uma penitência pública o primeiro dia de Quaresma no qual eram salpicados com cinzas, atualmente os fiéis são marcados com uma cruz na testa com as cinzas obtidas ao queimar as palmas usadas no domingo de Ramos do ano anterior.

Em sua mensagem para a Quaresma deste ano, apresentada no dia 07 de fevereiro [2017] e intitulada “A Palavra é um dom. O outro é um dom”, o Papa Francisco explicou que a Quaresma é uma época propícia para a conversão, para se renovar por meio dos sacramentos, para reconhecer-se pecador, buscar o perdão de Deus e começar de novo o caminho para a Páscoa. “A Quaresma é o momento favorável para intensificarmos a vida espiritual através dos meios santos que a Igreja nos propõe: o jejum, a oração e a esmola. Na base de tudo isto, porém, está a Palavra de Deus, que somos convidados a ouvir e meditar com maior assiduidade neste tempo”, ressalta.

Disponível em: < https://www.cnbbo2.org.br/quarta-feira-de-cinzas/>. Acesso em:28 fev. 2019.

 

  1. Vivenciar o processo quaresmal de mudança de vida, de conversão pessoal, de oração, esmola e jejum, conforme as recomendações de Dom Paulo Mendes Peixoto:

“Parece repetitivo, mas todos os Ciclos Litúrgicos são grande oportunidade de reflexão, de avivamento e retomada da missão fundamentada no Batismo. Assim acontece com a Quaresma e a Páscoa, momentos interligados dentro da proposta salvadora de Jesus Cristo. A Quaresma prepara as pessoas para vivenciar a riqueza do Cristo ressuscitado, dando sentido para as realidades pascais.

O Tempo da Quaresma no Brasil, desde 1964, vem sendo enriquecida com os temos propostos pela Campanha da Fraternidade. A ideia central é o processo de conversão, de mudança nos hábitos que dificultam a fraternidade entre as pessoas. Nesse ano devemos trabalhar a questão da violência, enraizada na cultura brasileira e que afeta a vida cotidiana de todos os indivíduos do país.

Sem uma profunda e real transformação existencial na vida cristã, fica quase impossível praticar uma realidade nova, pascal e de intimidade com Jesus Cristo ressuscitado. A palavra “ressurreição” tem significado de transformação, saída de postura dita corruptiva para a incorruptibilidade, “a morte tragada pela vitória”, como está na Sagrada Escritura, no dizer do apóstolo Paulo (I Cr 15,54).

Estamos em novos tempos. A maneira de celebrar esses dois momentos litúrgicos está muito diferente, de forma muito secularizada e sem a riqueza de sua espiritualidade. Não há mais aquela preocupação com os valores da paixão e ressurreição de Jesus Cristo. Falta uma catequese mais comprometida com a vida cristã, com o processo de mudança de vida e de testemunho cristão”. Disponível em:

< http://www.cnbbleste2.org.br/index.php?pagina=artigo&tela=42&vw=1049>. Acesso em: 28 fev. 2019.

 

  1. Levar durante todo o Curso, a Bíblia Sagrada para fazer as leituras recomendadas pelo ministrante do Curso, Frei Helton, ao longo de suas explanações e reflexões.
  2. Ter consigo, durante as aulas, uma agenda ou caderno para anotações.

 

Celebração do Tríduo Pascal

Sexta-feira da Paixão: 19 de abril às 15h

Sábado Santo: 20 de abril de 19h às 21h

Santa Missa de Páscoa: 9h30

 

Desejamos a todos e todas, um bom aproveitamento do Curso e uma Santa Páscoa! Muito obrigado! 

Comunidade Santa Clara

 

Compartilhe!

Obra Social São Bento: oportunidade de aprendizagem para geração de renda

A Obra Social São Bento se constitui de uma série de ações desenvolvidas ao longo de vinte e cinco anos, por um grupo permanente de voluntárias oblatas que abraçaram com responsabilidade e extremo apreço essa causa nobre. Dotado de sede própria e equipamentos que foram sendo doados e adquiridos, durante esse período de mais de duas décadas, o núcleo de atividades apoiou instituições e famílias, mediante a oferta de vestes confeccionadas para o Hospital Hélio Angotti, enxovais para recém-nascidos e roupas de criança. Também desenvolveram um trabalho de visita à Creches, levando lanche especial para os alunos matriculados e de doação de cesta básica para famílias necessitadas. Para captar recursos financeiros, realizavam um grande bazar de fim-de-ano.

O histórico do núcleo de trabalho, os materiais ainda disponíveis e o equipamento que compõem o seu acervo, bem como a demanda que não desapareceu, apontaram para premência da retomada das atividades. Essa perspectiva foi estudada e definidos os meios para viabilizar a reestruturação da equipe e da dinâmica do núcleo de forma que a Obra Social São Bento prossiga sua jornada de prestação de serviços à comunidade uberabense como sempre fez, buscando, no entanto, a conveniente adequação às condições e necessidades atuais.

A Obra Social São Bento, conforme definiu Irmã Felicidade, responsável pela iniciativa, tem por objetivo geral manter e compartilhar um espaço de trabalho participativo, voltado para a promoção da economia solidária. Como objetivo específico, distingue-se a oferta de oportunidades de aprendizagem na área de artesanato, costura e de outras habilidades que viabilizem geração de renda mediante as iniciativas das pessoas atendidas, participantes dos cursos a serem ministrados.

Obra Social São Bento em 2019

Maria Helena Ciriani e Irmã Felicidade, OSB, na sede da Obra Social São Bento.

Para dar início a essa nova fase de trabalho da Obra Social São Bento, foi elaborado o planejamento de atividades para o ano de 2019. A escultora Maria Helena Ciriani, artista muito apreciada e querida pela comunidade uberabense, foi convidada para assumir a condução do primeiro curso: Artesanato – Elaboração de Peças Finas (Religiosas e Florais).

São apenas 15 vagas disponíveis e as inscrições serão feitas de 25 de fevereiro a 1º de março, no próprio Mosteiro de Nossa Senhora da Glória. A duração do Curso será de três meses. Os materiais e equipamentos específicos necessários serão adquiridos pelos próprios participantes.

Os cursos ministrados na Obra Social São Bento serão encerrados com uma Mostra de Trabalhos que se constituirá em um bazar cuja renda reverterá para a própria Obra Social. Essa mostra terá um cunho de divulgação e de promoção junto à comunidade uberabense, num convite para obtenção de novos apoios e a adesão de novos Professores (as) e alunos (as).

A Obra Social São Bento tem um perfil diferenciado e está em busca de um protagonismo que marque a sua identidade como instituição interessada na oferta de opções de engajamento e cooperação e, ao mesmo tempo, de promoção do seu público-alvo, de forma que o mesmo possa, a partir da oferta de aprendizagem e habilitação, atender sua própria demanda, sendo valorizado em suas potencialidades, desenvolvendo-as, e também, afirmando a sua capacidade de gerar renda.

Por outro lado, a Obra Social São Bento, assume como missão essa oferta de testemunho solidário cristão, mediante o compromisso de descobrir como fazer para fazer em parceria , constituindo-se em apoio fraterno junto aos que necessitam de amparo.

Trata-se, sobretudo, de uma oblação, bem compreendida e vivida em profundidade, uma oferta de si a Deus e ao semelhante que se converta em sustentáculo para todos os participantes da Obra Social São Bento, assegurando-lhes graças e socorros que os auxiliem a melhor cumprir os deveres de seu estado, na vida conjugal e familiar e na vida profissional ou social.

Para outras informações: (34) 3338-2566 / 3338-2245

Endereço: Rua Visconde do Rio Branco, 380

Obra Social São Bento
Mosteiro de Nossa Senhora da Glória

Compartilhe!

Novo pároco e vigário assumem a Paróquia de Nossa Senhora de Fátima em Uberaba

Celebração Eucarística e Cerimônia de Posse presidida pelo arcebispo metropolitano de Uberaba, Dom Paulo Mendes Peixoto, no dia 30 de janeiro, acolheu o novo pároco, Frei Antônio Carlos Marchioni, e o novo vigário paroquial, Frei João Lourenço Boga, na Paróquia de Nossa Senhora de Fátima, em Uberaba.

A Igreja estava repleta de fiéis que vieram de diversas cidades da região acompanhar Frei Carlos e Frei João Lourenço, prestando sua solidariedade fraterna nesse momento de transferência de Diocese e augurando votos de muito sucesso no pastoreio dos novos paroquianos.

Dom Paulo Mendes Peixoto em sua homilia durante a Celebração Eucarística na Paróquia Nossa Senhora de Fátima.

Dom Paulo Mendes Peixoto elencou, em sua homilia, todos os aspectos primordiais referentes à condução do trabalho sacerdotal e pastoral, mediante amorosas palavras de estímulo, fundadas no Santo Evangelho da Liturgia do dia, a Parábola do Semeador (Marcos 4, 1-20).

Frei Antônio Carlos Marchioni dirigiu-se às autoridades, aos clérigos e à assembleia presente, a todos que participaram da Celebração Eucarística e da Cerimônia de Posse, alinhando-se ao carisma franciscano e apresentando-se para o serviço fraterno com confiança em Deus e muita disposição. Estavam presentes, também, o Vigário Geral da Arquidiocese de Uberaba, Padre Saulo Emílio Pinheiro Moraes e o Mestre de Noviços, Frei Helton Barbosa Damiani, OP, entre outros sacerdotes e frades da cidade e região.

A Celebração Eucarística e a Cerimônia de Posse se distinguiram pela simplicidade e humildade que coadunou com a postura dos novos pastores que integram, agora, a família dos religiosos da cidade de Uberaba.

Durante os ritos finais, a comunidade teve oportunidade de manifestar-se, em nome da Paróquia de Nossa Senhora de Fátima. O paroquiano, Renato Peixoto Júnior, dirigiu calorosas palavras de acolhida ao Pároco empossado, Frei Carlos, e ao novo Vigário Paroquial, Frei João Lourenço. Também a Ordem Franciscana Secular, OFS, por meio de sua Ministra, Mirna Spirandeli, prestou sua homenagem, oferecendo cestas de frutas alusivas à São Francisco de Assis e seu grande amor pela Criação, dádiva do Pai para todos.

Após a Celebração, houve um jantar em que paroquianos de nossa cidade e de outros municípios tiveram oportunidade de convivência e compartilhamento fraterno, no clima de alegria e de paz que reinou entre todos.

Rita De Blasiis
Uberaba, 31 de outubro de 2019

Confira mais fotos enviadas por Rita De Blasiis:

Leitura da Ata da Cerimônia de Posse por Frei Fernando Aparecido dos Santos, OFM, Custódio da Custódia Custódia Autônoma da Ordem dos Frades Menores.

Assinatura da Ata da Cerimônia de Posse. Na foto, Frei Antônio Carlos Marchioni, OFM.

Assinatura da Ata da Cerimônia de Posse. Na foto, Frei João Lourenço Boga, OFM.

Benção Solene por Dom Paulo Mendes Peixoto, à esquerda, e Frei José Ricardo Terêncio, OFM, juntamente com Frei Antônio Carlos Marchioni, OFM, na sequência à direita.

Dom Paulo Mendes Peixoto e Procissão de Saída da Celebração Eucarística e Cerimônia de Posse de Frei Antônio Carlos Marchioni, novo Pároco da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, e Frei João Lourenço Boga, novo Vigário Paroquial.

Compartilhe!

Pastoral Familiar movimenta a Província e define agenda 2019

A Pastoral Familiar da Arquidiocese de Uberaba tem realizado nos últimos meses uma série de atividades para formação e evangelização das famílias nas cidades da Arquidiocese e Província (da qual fazem parte a Arquidiocese de Uberaba e as Dioceses de Uberlândia, Patos de Minas e Ituiutaba).

No final do mês de novembro, as Dioceses de Uberlândia e Ituiutaba, e a Arquidiocese de Uberaba realizaram um encontro provincial no município da Região do Pontal. Na pauta da reunião, a agenda das ações em 2019. Entre as atividades definidas está acertado pela Província um grande encontro em Uberaba no dia 3 de fevereiro para formação de todos os agentes que estão na preparação dos noivos por acolhimento.

Entre os temas a serem debatidos para este evento estão a moral e ética, e os direitos canônicos no matrimônio. No início de maio será realizado um encontro para a terceira fase do curso do INAPAF (Instituto Nacional da Família e da Pastoral Familiar). O evento contará com a presença da coordenação da Pastoral Familiar do Regional Leste II da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil). Também ficou definido que a Romaria Arquidiocesana da Família, em 2019, será realizada na primeira semana do mês de julho, o convite é extensivo à Província.

Santa Juliana – No início do mês de dezembro, a Pastoral Familiar arquidiocesana esteve na cidade de Santa Juliana, no Sindicato Rural, para um curso de formação e preparação dos agentes pastorais. Durante o encontro, os participantes ouviram depoimentos sobre como ser uma família cristã nos dias de hoje e sobre a convivência em comunidade. O encontro terminou com o aprofundamento da nova metodologia do curso de noivos e formatação da Pastoral Familiar na cidade. Para o padre Edson José Nogueira, pároco da paróquia de Nossa Senhora das Dores, o encontro foi muito proveitoso, pois aprofunda o trabalho de evangelização familiar que já é realizado na cidade com as novas diretrizes da Igreja.

Com informações da PASCOM – Pastoral da Comunicação

Compartilhe!

Natal em Canções de Paz, os corações agradecem!

No dia 13 de dezembro, na Catedral Metropolitana de Uberaba, o público presente fruiu um belíssimo repertório de canções natalinas e de peças clássicas, em clima de muita paz. O Coral Canta Marista apresentou-se com brilho e segurança, apoiado em uma trajetória de dedicação, de esforço, que se fez notório na qualidade das vozes afinadas e timbradas.

Com belos arranjos vocais para os naipes, o Maestro Thiago Neves esmerou-se na preparação desse Concerto especial, que está se tornando tradição na cidade: Natal em Canções de Paz, uma abençoada iniciativa do Monsenhor Valmir A. Ribeiro, realizada nos últimos três anos na Catedral Metropolitana de Uberaba. Esse ano, contando com a parceria especial do Conservatório Estadual de Música Renato Frateschi.

Thiago Neves, além de ser o regente da apresentação dessa noite, brindou o público presente com a interpretação de um inesquecível clássico de Natal, da década de 40, White Christmas, de autoria de Irving Berlin. Quem ouviu Bing Crosby, naqueles velhos discos de 78 rpm, matou a saudade de uma época de ouro.

A Ave Maria de Caccini, também integrou o repertório do espetáculo, sendo solista a Professora e cantora Lívia Alexandra Carvalho. Uma peça delicada e complexa, verdadeira joia artística que proporcionou aos devotos de Nossa Senhora a alegria de meditar a sua grandiosa e abençoada missão.

O Coral Canta Marista, e os solistas da noite, incluindo-se a Professora Benedita Kátia Araújo Santos, cantora lírica, foram acompanhados pelo pianista e Professor Rafael Camilo. A sintonia entre os cantores e o excelente músico Rafael, assim como a qualidade de sua técnica e interpretação pianística, proporcionaram aos presentes um momento de raro enlevo.

Quem esteve na Catedral na noite de 13 de dezembro teve realmente uma oportunidade especial de fruição cultural refinada e de elevação espiritual de grande significado.  Para a comunidade católica, a preparação do Natal de Jesus demanda essa sensibilização, essa meditação apurada que desperta a profunda gratidão pela presença do Menino Deus entre nós.

Parabéns ao Colégio Marista Diocesano, a toda produção do evento, a todos que se empenharam para proporcionar aos uberabenses esse momento tão especial. Oxalá, cada vez mais, esse trabalho se expanda e forme público que se encante com as lindas canções de paz do Natal do Cristo, enchendo-se de esperança e de ardente desejo de cooperar em sua obra de amor pela humanidade.

Rita De Blasiis

Confira os vídeos feitos por Rita De Blasiis:

 

Confira as fotos de Ana Luísa Andrade, PASCOM Catedral:

     

 

LEIA MAIS

Catedral Metropolitana de Uberaba apresenta “Natal em canções de paz”

Compartilhe!

Vida dos pais de Santa Teresinha é tema de retiro familiar em Uberaba

A Pastoral Familiar da paróquia de Santa Teresinha realizou no último domingo (25) de novembro, no Centro de Cultura e Espiritualidade Santo Tomás de Aquino, em Uberaba, o seu retiro anual com as famílias. O tema do encontro deste ano foi: “A Santidade de São Luiz e Santa Zélia Martin”, pais de Santa Teresinha do Menino Jesus, e teve como pregador Monsenhor Célio Lima, pároco da paróquia de Santa Teresinha.

Pela manhã, as famílias foram acolhidas pela coordenação da pastoral familiar com um café, seguido de oração. Na sequência, monsenhor Célio abordou três temas da santidade dos pais de santa Teresinha. O primeiro foi a história de fé vivida pelo casal São Luís Martin e Santa Zélia Guérin, onde foram revelado alguns dos sinais de santidade da família Martin, seguido de reflexão e rápida troca de experiências entre as famílias.

São Luís e Santa Zélia Martin

O segundo tema do retiro foi: “A santidade em família”, onde tivemos um aprofundamento da conduta da vida matrimonial, o amor, perseverança, zelo e pequenas mortificações dos pais de Santa Teresinha. Logo após este momento foi realizada a oração do Santo Terço, seguido de almoço.

O terceiro módulo do encontro teve como tema: “A vida leiga de São Luís e Santa Zélia e o caminho que podemos a esta santidade”. Neste contexto, as famílias puderam conhecer o amor e a espiritualidade da família Martin com a Igreja, para com os pobres, o respeito e o convívio com o sacerdote, entre outros temas da santidade. Depois destes três módulos, os participantes tiveram um momento de partilha e reflexão.

O retiro terminou com uma profunda Adoração aos mistérios do Santíssimo Sacramento, seguido da Santa Missa. Para Monsenhor Célio Lima, o tema do encontro foi muito propício para as famílias de Santa Teresinha, pois revela os sinais de santidade que os pais de Santa Teresinha, Luís e Zélia, alcançaram em vida e que hoje é um desafio para as famílias, principalmente neste ano missionário que inicia-se.

Para os coordenadores da Pastoral Familiar em Santa Teresinha, Sebastião Adelino da Costa e Sônia R. da Costa, o retiro foi um momento único, principalmente para aqueles que buscam o sinal de santidade em família. O casal agradeceu a todos que colaboram para o sucesso do encontro.

Pastoral da Comunicação da paróquia de Santa Teresinha

 

Compartilhe!

Arcebispo de Uberaba reúne-se com Novas Comunidades da Arquidiocese

No último domingo (02), na sede da Comunidade Católica Discípulos da Cruz tivemos um momento histórico para as Novas Comunidades da Arquidiocese de Uberaba. Aconteceu a reunião com nosso arcebispo metropolitano, Dom Paulo Mendes Peixoto.

Com a presença de sete Novas Fundações ouvimos atentamente e com o coração as orientações, correções e conselhos de nosso Arcebispo, Dom Paulo.

Sem sobra de dúvidas vivemos um tempo de primavera, um novo tempo, tempo de unidade através do Espírito Santo.

Obrigado Dom Paulo por seu acolhimento e pastoreio por todos nós!

Comunidade Católica Discípulos da Cruz 

 

Compartilhe!