Mês das Missões: “Não podemos deixar de afirmar o que vimos e ouvimos”

Comunicado à Imprensa das Pontifícias Obras Missionárias por ocasião da abertura do Mês Missionároio que incluirá o Dia Mundial das Missões no domingo 24 de outubro

Vatican News

As Pontifícias Obras Missionárias lançaram um comunicado nesta quinta-feira sobre a abertura do Mês Missionário 2021 que celebrará no próximo domingo, 24 de outubro o 95° Dia Mundial das Missões. O comunicado inicia recordando a temática deste ano escolhida pelo Papa Francisco.

O tema

“O tema escolhido pelo Papa Francisco é extraído dos Atos dos Apóstolos: “Não podemos deixar de afirmar o que vimos e ouvimos” (At 4,20). O Santo Padre escreve: “Como os Apóstolos e os primeiros cristãos, também nós exclamamos com todas as nossas forças: ‘Não podemos deixar de afirmar o que vimos e ouvimos’ (Atos 4, 20). Tudo o que recebemos, tudo aquilo que o que o Senhor nos tem concedido, ofereceu-nos para o pormos a render doando-o gratuitamente aos outros. Como os Apóstolos viram, ouviram e tocaram a salvação de Jesus (cf. 1 Jo 1,1-4), também nós, hoje, podemos tocar a carne sofredora e gloriosa de Cristo na história de cada dia e encontrar a coragem para partilhar com todos um destino de esperança, esse traço indubitável que provém de saber que estamos acompanhados pelo Senhor”.

Testemunho

Ainda, segundo o comunicado, “testemunho é a motivação da mensagem, cujo tema é retirado do que o Papa Francisco chama de “o livro que os discípulos missionários têm sempre à mão”. “Celebrar o Mês da Missão e o Dia Mundial das Missões a cada ano significa lembrar que nossa fé é sempre missionária”. Não podemos ficar em silêncio sobre o que ouvimos, vimos e vivemos em nosso encontro com o Senhor”, destaca Dom Giampietro Dal Toso, Presidente das Pontifícias Obras Missionárias (POM).

“O testemunho – continua a nota – anda de mãos dadas com a memória porque no Dia Mundial das Missões, que é celebrado todos os anos no penúltimo domingo de outubro, o Papa afirma: ‘Recordamos com gratidão todas as pessoas, cujo testemunho de vida nos ajuda a renovar o nosso compromisso batismal de ser apóstolos generosos e jubilosos do Evangelho. Lembramos especialmente aqueles que foram capazes de partir, deixar terra e família para que o Evangelho pudesse atingir sem demora e sem medo aqueles ângulos de aldeias e cidades onde tantas vidas estão sedentas de bênção’”.

Ninguém é excluído da misericórdia de Deus, e os missionários, que compartilham suas vidas com os fiéis a eles confiados, também o recordam na mensagem em vídeo nascida da colaboração entre algumas diretorias nacionais das Pontifícias Obras Missionárias no mundo. O vídeo dá voz a milhares de mulheres e homens em missão ao redor do mundo: “Ainda estamos aqui e não podemos deixar de falar do que vimos e ouvimos”.

Ao lado de todas as atividades dedicadas ao Mês das Missões, no site das POM, [www.ppoomm.va], a partir de 1º de outubro será publicado todos os dias um aprofundamento dedicado à fundadora da Pontifícia Obra para a Propagação da Fé, a Venerável Pauline Jaricot, intitulada: “Conhecer melhor Pauline Marie Jaricot e meditar sobre a missão da Igreja”.

https://www.youtube.com/watch?v=mfwJMIY1WhI

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por
© Copyright Arquidiocese de Uberaba.
Feito com por