Minha História: Neusa Maria da Silveira

Meu nome é Neusa Maria da Silveira. Nasci no dia 10/11/1958, em Ponte Alta. MG. Filha de Nicanor Pedro da Silveira e Alaides Cecília da Silveira. Ambos falecidos. Somos 5 irmãos, de uma família de fé, participativa e atuante na vida da comunidade. Cresci aprendendo com os pais as Orações, o Rosário, a Palavra de Deus, a caridade. Recebi o Sacramento do Batismo dia 16/11/1958. Com 7 anos, participei da catequese e com 8 anos recebi a 1ª Eucaristia e a crisma.

No início da juventude, iniciei como catequista, na música, e grupo de jovens… E essa atuação foi se ampliando na liturgia, MESCE, pastoral do Batismo, Pastoral da criança, MCC, RCC, Legião de Maria, Sociedade São Vicente de Pauloo (SSVP), Grupos de reflexão, Conselho de Pastoral, por muitos anos. Fiz o curso de Magistério e me tornei professora em 1979. E trabalhei nas Escolas: Casa Azul, Walter Prado Dantas e Gastão Mesquita Filho.

Mesmo exercendo a profissão, permaneci atuante nas pastorais e movimentos da paróquia. No dia 28/09/1985, a convite de Dom Benedito de Ulhoa Vieira, fiz a consagração de minha vida a serviço do Reino de Deus, professando os votos. E passei a integrar o Instituto Secular Fraternidade São José (ISFSJ), de nossa Arquidiocese. Fiz os votos perpétuos dia 20/10/2001. Portanto já estou com 36 anos de vida consagrada. Sempre residindo aqui em Ponte Alta, membro da Paróquia São José Operário. Mas muitas vezes, fui convidada a servir em outras Paróquias e Movimentos.

Principalmente Renovação Carismática Católica e Cursilho de Cristandade. Por vários anos participei e servi no Grupo de Oração Santo Antonio, e fui catequista na Comunidade Nova Jerusalém, juntamente com Vera Garcia. Devido à baixa visão, frequentei o Instituto de Cegos do Brasil Central (ICBC), também por vários anos. Atualmente, estou servindo apenas em nossa Paróquia, na música litúrgica. Sou muito grata a Deus, por tudo me concedeu e confiou: a família, a vida, a vocação, os dons, os talentos, os ministérios, o ISFSJ, os amigos, todos os Sacerdotes que estiveram em nossa Paróquia, e atualmente, o Padre Otair, por nossos Arcebispos Dom Benedito, Dom Roque e Dom Paulo, que sempre me acolheram, acompanharam e apoiaram na Missão… Enfim, por minha caminhada de fé e dedicação à Igreja. Agradeço também, por esta oportunidade de partilhar alguns fatos da minha história de vida e de fé. Louvado seja Deus.
“Minha alma glorifica ao Senhor. Meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador!” (Lc 1, 46)
Maio/2022.

Compartilhe:

© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por
© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por