Igreja celebra São Domingos de Gusmão, fundador da Ordem dos Pregadores

A Igreja Católica celebra neste dia 08 de agosto São Domingos de Gusmão, o fundador da Ordem dos Pregadores, os frades dominicanos. Ao lado de São Francisco de Assis, São Domingos marcou o século XIII com sua santidade vivida no desapego material e no total abandono em Deus. Homem de oração, penitência e amor à Palavra de Deus, Domingos combateu a heresia e deixou como legado a proposta de evangelização cristã e vida apostólica.

Na Arquidiocese de Uberaba temos a presença da Ordem dos Frades Pregadores. Fundada por São Domingos de Gusmão em 1216 no sul da França, seu carisma é a pregação da Palavra de Deus a todos os homens e em todos os lugares. “Uma pregação compassiva, misericordiosa, fundada no diálogo e na busca da verdade”, conta Frei Cristiano Bhering, frade dominicano da Arquidiocese de Uberaba.

De acordo com o frade, a vivência dominicana está centrada na vida comum, de oração, estudo e missão apostólica. “Elementos de onde brotam a pregação dos frades”, conta frei Cristiano.

A curiosidade é que Uberaba foi a cidade brasileira a receber os primeiros missionários franceses, convidados pelo então bispo de Goiás, Dom Cláudio Ponce de León, no ano de 1881. Assim, a primeira fundação da Ordem de São Domingos Gusmão, no Brasil, foi em Uberaba.

No convento de São Domingos, em Uberaba, estão assinados cinco sacerdotes. A comunidade religiosa é também responsável pela formação dos noviços da província dominicana do Brasil, sendo que nesse ano de 2018 estão nove noviços em formação.

Segundo Frei Cristiano, os frades exercem diversos trabalhos apostólicos em colaboração com a Igreja Particular de Uberaba. Alguns deles são as Capelanias, ajudando nas capelas das monjas beneditinas e no Colégio Nossa Senhora das Dores. Ajudam nos julgamentos das causas no Tribunal Eclesiástico, em especial dos processos de nulidade matrimonial e em alguns casos especiais delegados pelo arcebispo. Participam dos Conselhos de Presbíteros e Econômico da Arquidiocese de Uberaba, ajudam na formação de leigos e lecionam na ESTELAU (Escola de Teologia para Leigos da Arquidiocese de Uberaba). Além do cuidado pastoral da paróquia de São Domingos, que desde 1941 funciona nas dependências da igreja conventual dos frades.

Confira algumas fotos dos frades dominicanos em Uberaba:

       

Jordana Moreira
Assessoria de Imprensa e Comunicação

Compartilhe!
0 respostas

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *