Morre Dom Benedito Ulhoa Vieira, o bispo da esperança

Dom Benedicto 1Faleceu às 17h40 deste domingo, dia 03 agosto, no hospital São José, o arcebispo emérito de Uberaba, dom Benedito Ulhoa Vieira. Ele tinha 93 anos e estava internado há nove dias.

Dom Benedito morreu em decorrência de falência múltipla dos órgãos. Ele fora internado no último dia 26 de julho no Hospital São José, em Uberaba, sendo que na última quinta (31), em razão do agravamento da doença foi transferido para a Unidade de Terapia Intensiva. O arcebispo tinha cardiopatia, asma crônica e por fim, insuficiência renal.

O corpo de Dom Benedito Ulhoa Vieira será velado na Catedral Metropolitana, a partir das 21 horas deste domingo. Ás 22 horas será celebrada a primeira missa de Corpo Presente, presidida por dom Paulo Peixoto e concelebrada, sobretudo, pelos padres as paróquias de Uberaba.

O velório se estenderá até a tarde de segunda-feira, dia 04 de agosto. Ás 17 horas será celebrada nova missa de Corpo Presente, na oportunidade com a presença de todo o clero arquidiocesano, bispos do Brasil, parentes de dom Benedito e centenas de fiéis. Encerrada a celebração, o corpo será sepultado em Jazigo dos Bispos no lado direito do altar da Catedral. Em nota Paulo Mendes Peixoto, arcebispo metropolitano, lamentou a perda do amigo no episcopado, agradecendo a Deus pela vida de dom Benedito e o seu eficaz trabalho dedicado a arquidiocese uberabense e a Igreja do Brasil.

Natural de Mococa – SP, Dom Benedito Ulhoa Vieira foi o quinto bispo e segundo arcebispo da Arquidiocese de Uberaba. Era auxiliar da Arquidiocese de São Paulo quando em 1978 fora nomeado pelo papa arcebispo de Uberaba, tomando posse em 15 de setembro de 1978. Ficou 18 anos a frente da diocese, passando o episcopado para dom Roque Oppermann em maio de 1.996.

Inúmeros foram os seus trabalhos no pastoreio do povo católico do Triângulo. Foi responsável pela ordenação de 30 padres, criação de 11 paróquias e a reabertura do Seminário São José, tendo construído novo prédio ao lado da igreja Santa Luzia. Ficou conhecido pela sua intelectualidade, pelos seus sermões em defesa dos pobres, oprimidos e injustiçados, além de jamais se omitir das causas nacionais. Ações que tiveram reconhecimento por todo o país, sendo eleito vice-presidente da CNBB de 1983 a 1987. Dom Benedito escreveu 10 livros, milhares de artigos e por décadas foi membro da Academia de Letras do Triângulo Mineiro.

Rubério Santos

Assessor de Imprensa

Uberaba, 03 de agosto de 2014.

Compartilhe!
10 respostas
  1. Padre Armênio
    Padre Armênio says:

    Eu era pre adolescente quando conheci Dom Benedito que era Bispo da Região Lapa de São Paulo. Eu não entendia muita coisa ainda, mas ficava fascinado com a palavra de Dom Benedito. Tenho hoje a certeza de que depois de ter combatido o bom combate hoje ele, na véspera do Dia do Padre, recebeu a coroa da glória eterna.

    Responder
  2. Reinaldo Fondello
    Reinaldo Fondello says:

    Foi com grande triteza ue recebemos a noticia do falecimento de Dom Benedito. Convivi com ele muitos anos, aqui na cidade de São Paulo, celebrou meu casamento, batizado de meus fikhos, minhas bodas e casamento de meu filho. Homem de Deus, integro, bondoso, esparançoso. Estamos todos muito tristes. Gostaria através deste meio encaminhar minha gratidão as Sra, Conceição e Cida por toda a dedicação e despreendmento que tiveram ao cuidar e assistir à D. Benedito, “nosso pai”. Que junto de Deus encontre a paz. Deixará muita saudade.

    Responder
  3. suely goncalves
    suely goncalves says:

    Lembro dele desde que formei em Letras em Uberaba.
    Pessoa muito boa, agradável e bastante culto. Foi recebido por Deus com abraços abertos.

    Responder
  4. SINOMAR RODRIGUES DE PAULA
    SINOMAR RODRIGUES DE PAULA says:

    Eu era casado de poucos anos, quando conheci Dom Benedito, um santo homem que nos deichou um legado de amor os pequenos e pobres teve uma vida de santidade, como paroquiano de uma paróquia por ele criada em Frutal, na chamada Igrejinha de NS Aparecida, por muitas vezes tive oportunidade de reunimos com ele nas visitas pastorais, de uma simplicidade tamanha que nos sentinhamos grandes com ele. Tenho certeza que sua alma já está junto do Senhor Jesus.
    Fica a saudade.

    Responder
  5. Raquel Soares Brasileiro
    Raquel Soares Brasileiro says:

    Caros Amigos em Cristo Jesus,
    é com bastante pesar que soube do Falecimento de Dom Benedito.
    E pensei:
    Dom Benedito, aliado à Sabedoria Divina, distribuiu, com Dignidade e Liberdade, as Riquezas de
    Deus-Pai, Deus-Filho e Deus-Espírito Santo para o Povo de Deus, a fim de que este siga, na mesma Sabedoria, na mesma Dignidade e Liberdade, nos Passos de Cristo Jesus, sob a Proteção de Nossa Senhora e na Força do Espírito Santo.

    «A Família Cristã proclama em alta voz as Virtudes presentes do Reino de Deus e a Esperança na Vida Bem-Aventurada» (Lumen gentium, Familiaris consortio).

    Que Dom Benedito esteja envolvido na Santa Bênção dos Amigos íntimos de Deus, Filhos de Deus, na Vivência Eterna dos que Glorificam o Nome Santo de Deus Todo-Poderoso. Amém.

    Raquel Soares Brasileiro
    Leiga Católica Apostólica Romana

    Diocese de Ituiutaba-MG
    diocesedeituiutaba.blogspot.com

    http://www.meditar.xpg.com.br
    http://www.cerb.xpg.com.br
    http://www.victoriaraquel.xpg.com.br

    Responder
  6. JOSE PAULO XIMENES DA SILVA
    JOSE PAULO XIMENES DA SILVA says:

    DOM BENEDITO FEZ MEU BATIZADO EM 1953 NA IGREJA DE SANTA CECÍLIA. MEU PAI ERA SEU CONTERRÂNEO, DE MOCOCA-SP. CERTAMENTE PASSARAM A INFÂNCIA PRÓXIMOS, POIS TINHAM A MESMA IDADE. SOMOS TAMBÉM PARENTES POR AFINIDADE.
    DEIXO AQUI O MEU SENTIMENTO AOS SEUS FAMILIARES, A SUA IRMÃ LIA, EM ESPECIAL.
    FICA O MEU MAIS PROFUNDO SENTIMENTO DE AGRADECIMENTO, RESPEITO E ADMIRAÇÃO AO GRANDE SER HUMANO.
    INTERCEDA POR NÓS DOM BENEDITO.

    Responder
  7. marisa guimaraes
    marisa guimaraes says:

    Pe. Benedito foi muito especial. Conheci quando estudava na Faculdade Sedes Sapuentiæ em São Paulo em 1958 e coordenava os retiros espirituais.

    Responder

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *