O impacto do eSocial no Terceiro Setor

O novo Sistema Nacional de Comunicação de movimentação eSocial entra em vigor neste mês de abril de 2019.

Essa nova obrigação para as entidades vai demandar muita dedicação do setor contábil e da parte administrativa da Entidade, pois a atualização do sistema deverá acontecer em tempo real para todas as atividades relacionadas à situação de colaboradores, prestadores de serviços e profissionais efetivos da organização social.

Estes eventos estão envolvidos a Receita Federal, a Previdência Social (INSS), o Ministério do Trabalho, e a Caixa Econômica Federal, visando a consolidação das obrigações acessórias da área trabalhista em uma única ferramenta. Também conhecido como EFD-Social (Escrituração Fiscal Digital Social) ou SPED Folha (Sistema Público de Escrituração Digital da Folha), o eSocial é um dos componentes do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED), sendo, portanto, um instrumento de unificação da prestação das informações referentes à escrituração das obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas, que padroniza sua transmissão, validação, armazenamento e distribuição. 

A Arquidiocese de Uberaba está à frente, orientando e colocando em prática todas as exigências Legais. A organização e o interesse dos Administradores são essenciais para que ninguém seja prejudicado, Empresa – Colaboradores. Para tal estamos fazendo encontros periódicos de orientação e ajustes com horários, documentações, funções.

Jacqueline Abrahão
Departamento Contábil

Contato: jacquelinearabe@gmail.com

 

 

Compartilhe!
0 respostas

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *