Dom Paulo é eleito presidente do Regional Leste II

Arcebispos, bispos e coordenadores diocesanos de pastoral estiveram reunidos em Belo Horizonte, nos dias 9 a 11 de junho, para a Assembleia Anual do Conselho Episcopal de Pastoral do Regional Leste 2 (Minas Gerais e Espírito Santo) da CNBB e Encontro Regional dos Coordenadores Diocesanos de Pastoral.

O evento realizado na Casa de Retiros São José reuniu cerca de 70 participantes. Na oportunidade os presentes refletiram sobre as Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil para 2015-2019, aprovadas em abril deste ano pela 53ª Assembleia Geral da CNBB, e seus desdobramentos e aplicação para a missão no Regional. A assessoria para a temática das DGAE 2015-2019, ficou a cargo do padre Geraldo Martins.

Também durante a Assembleia foi eleita a nova presidência do Regional Leste 2 para o quadriênio 2015-2019 e os bispos referenciais para a Comissões Episcopais de Pastorais. A presidência do Regional Leste 2 ficou assim constituída: dom Paulo Mendes Peixoto, arcebispo metropolitano de Uberaba (MG), Presidente; dom Joaquim Wladimir Lopes Dias, bispo diocesano de Colatina (ES), Vice Presidente; e dom José Carlos de Souza Campos, bispo diocesano de Divinópolis(MG), Secretário.

Os bispos referenciais eleitos para acompanhar as Comissões Episcopais de Pastorais do Reginal Leste 2:

Comissão Episcopal para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada
Dom José Aristeu Vieira – bispo diocesano de Luz (MG)

Comissão Episcopal para o Laicato
Dom José Moreira da Silva – bispo diocesano de Januária (MG)

Comissão Episcopal para a Ação Missionária e a Cooperação Intereclesial
Dom José Lanza – bispo diocesano de Guaxupé (MG)

Comissão Episcopal para a Animação Bíblico-Catequética
Dom Emanuel Messias de Oliveira– bispo diocesano de Caratinga (MG)

Comissão Episcopal para a Liturgia
Dom José Luiz Majella Delgado – arcebispo metropolitano de Pouso Alegre (MG)

Comissão Episcopal para Comunicação  e Cultura
Dom Gil Antônio Moreira – arcebispo metropolitano de Juiz de Fora (MG)

Comissão Episcopal o Ecumenismo e para o Diálogo Inter-religioso
Dom Jeremias Antônio de Jesus – bispo diocesano de Guanhães (MG)

Comissão Episcopal para o serviço da Justiça, da Caridade e da Paz
Dom Luiz Gonzaga Fechio – bispo auxiliar da arquidiocese de Belo Horizonte (MG)

Comissão Episcopal para a Vida e a Família
Dom Célio de Oliveira Goulart – bispo diocesano de São João del-Rei (MG)

Comissão Episcopal para a Educação
Dom João Justino Medeiros da Silva – bispo auxiliar da arquidiocese de Belo Horizonte (MG)

Comissão Episcopal para a Juventude
Dom Cláudio Nóri Sturm – bispo diocesano de Patos de Minas (MG)

Conselho Permanente
O  Conselho Episcopal de Pastoral do Regional Leste 2 elegeu também os representantes que estarão presentes  no Conselho Permanente da CNBB. Além do presidente eleito,  dom Paulo Mendes Peixoto, compõem o Conselho, dom Joaquim Giovanni Mol Guimaraes, bispo auxiliar da arquidiocese de Belo Horizonte; e dom Rubens Sevilha, bispo auxiliar da arquidiocese de Vitória (ES). Leia mais

Compartilhe!

Cardeal de Aparecida instala Basílica em Sacramento

Cerca de 1200 fiéis acompanharam neste sábado (30), em Sacramento – MG, a instalação da Basílica Menor do Santíssimo Sacramento sob o Patrocínio de Maria. A cerimônia foi presidida pelo cardeal Dom Raymundo Damasceno Assis, arcebispo do Santuário Nacional de Aparecida – SP.

A Basílica de Sacramento, título concedido pelo papa Francisco em outubro de 2014, é a primeira do Triângulo Mineiro e noroeste de Minas. A instalação só ocorreu agora, no último dia 30 de maio, porque a matriz de Sacramento passou por significativa reforma nos últimos quatro meses, sendo a principal verificada no altar que teve duas colunas retiradas, assentamento de novo piso e o sacrário que voltou para o centro da igreja.

Durante a celebração foram apresentados os símbolos que caracterizam uma Basílica Menor como a Umbrela, o tintinabulo e o brasão eclesiástico. Também como registros desta instalação o cardeal ungiu a mesa do altar e aspergiu o sacrário. Dom Paulo Peixoto por sua vez ascendeu, junto com o pároco, padre Sérgio Márcio, as velas das doze cruzes espalhadas pelas laterais do templo.

Em sua pregação dom Raymundo Damasceno lembrou que tal honraria só é concedida pelo Santo Padre para igrejas que se distinguem das outras pela monumentalidade arquitetônica, preciosidade artística, importância história e função pastoral. Com o título, frisou ele, a Basílica de Sacramento passa a ser vinculada diretamente ao Papa. Por fim o cardeal informou que dentre uma série de privilégios na Basílica o povo poderá ganhar indulgências plenárias nas seguintes datas: solenidade do padroeiro, no dia 02 de agosto (privilégio da Porciúncula), na festa de São Pedro e São Paulo e, uma vez por ano em dia a escolher.

Para dom Paulo Peixoto o título de Basílica concedido a matriz de Sacramento é uma honra para toda a Arquidiocese de Uberaba. “Estamos felizes com a decisão do Papa Francisco que com certeza traduzirá numa grande peregrinação aquele templo, fortalecendo a fé do nosso povo,” observou ele.

A cerimônia contou ainda com as presenças dos bispos Cláudio Sturm, de Patos de Minas e Antonio Braz Benevente, de Jacarezinho – PR, o prefeito de Sacramento, Bruno Cordeiro e vereadores daquela cidade.

Rubério Santos – Assessor de Imprensa da Arquidiocese de Uberaba Leia mais

Compartilhe!

FESTA DE CORPUS CHRISTI EM UBERABA

A celebração de Corpus Christi em Uberaba, na quinta-feira (dia 04), será centralizada no ginásio Marista. A cerimônia do Corpo e Sangue de Jesus terá início ás 16h.

Porém, algumas paróquias da cidade vão celebrar Corpus Christi na véspera para garantir a unidade na quinta-feira. É o caso da Paróquia São Geraldo Majela, no conjunto Alfredo Freire. Lá, nesta quarta-feira, dia 03, os alunos das escolas Stella Chaves, Henrique Krüger e Cemei Mônica Machiama vão confeccionar durante todo o dia tapetes eucarísticos no entorno da Igreja. A celebração será a partir das 19h30, seguida de missa.

Já no feriado de Corpus Christi a celebração conjunta das 30 paróquias da cidade começará às quatro da tarde, no Marista. Ela será presidida por dom Paulo Mendes Peixoto e concelebrada por cerca de 40 padres. O evento contará também com mais de 500 ministros da Comunhão Eucarística que na oportunidade renovarão o seus compromissos ministeriais.

A festa de Corpus Christi celebra o grande mistério da transformação de pão e vinho em corpo e sangue de Cristo. No final, os fiéis sairão em procissão com o Santíssimo exposto no ostensório até a Catedral Metropolitana. Nas escadarias, o arcebispo dará bênção especial aos participantes.

Rubério Santos – Assessor de Imprensa Leia mais

Compartilhe!

Assembleia reúne cerca de 300 delegados da Cáritas Internacional

Papa_AG-Caritas1

“A Cáritas revela a força do amor cristão e o desejo da Igreja de sair ao encontro de Jesus em cada pessoa, especialmente os pobres e sofredores”, disse o papa Francisco, na noite desta terça-feira, dia 12, durante a missa de abertura da 20ª Assembleia da Cáritas Internacional. Cerca de 300 delegados da Cáritas de todo o mundo estiveram presentes na celebração.

Na oportunidade, Francisco deu indicações de como deve ser um integrante da Cáritas. “Quem vive a missão da Cáritas não é um simples agente, mas uma testemunha de Cristo. Uma pessoa que busca Cristo e se deixa buscar por Cristo, uma pessoa que ama com o Espírito de Cristo, o espírito da gratuidade, da entrega”, exemplificou.

Para o bispo de Roma, o amor do “Espírito de Cristo” deve ser levado em todos os planejamentos e estratégias da entidade, institucionalizada em 164 organizações nacionais de ajuda e desenvolvimento. Francisco afirmou que  o trabalho deve encontrar mais difusão nas diversas paróquias e comunidades, “para renovar o que aconteceu nos primeiros anos da Igreja”. Enraizado na acolhida, “simples e obediente de Deus e do próximo”, o serviço não pode limitar-se a uma “simples organização humanitária”, alertou o papa.

“Esta acolhida se cumpre em vocês pessoalmente, para que depois vá ao mundo, e ali sirvais em nome de Cristo, a quem encontraram e encontram em cada irmão e irmã a que se achegam”, exortou.

Francisco convidou os presentes a pedirem a Deus o entendimento da “verdadeira dimensão da Cáritas”, além das graças da presença nas periferias das Igrejas particulares e de crer “que o Escritório Central da Confederação é somente ajuda, serviço e experiência de comunhão, mas não é a cabeça de todas”, rogou.

Lembrando a mesa da Eucaristia preparada por Deus, Francisco citou a campanha mundial da Cáritas, “Uma família humana, alimento para todos”, cujo objetivo é colaborar com a erradicação da fome e da pobreza no mundo. “Muita gente espera hoje comer o suficiente. O planeta tem alimento para todos, mas parece que falta a vontade de compartilhar com todos, de preparar a mesa para todos e pedir que haja uma mesa para todos, fazer tudo o que podemos para que todos tenham o que comer”, contou o papa.

Para ele, ainda falta recordar aos “poderosos da terra” que um dia Deus os chamará no julgamento. Neste momento, segundo o pontífice, se manifestará verdadeiramente a intenção por parte dos poderosos “de dar comida a Ele em cada pessoa”. Também se terá conhecimento do esforço para preservar o meio ambiente enquanto se produzia o alimento.

Francisco lembrou que, com a violência, “os irmãos são privados do alimento corporal e da alma” e pediu aos integrantes da Cáritas para que não esqueçam “as pessoas e as intoleráveis injustiças” que sofrem.

Assembleia

A 20ª Assembleia Geral da Cáritas Internacional tem como tema “Uma família humana, cuidar da criação”. O encontro seguirá até domingo, 17, e escolherá a nova presidência da entidade, hoje sob a responsabilidade do cardeal Oscar Rodríguez Maradiaga.

Em entrevista à Rádio Vaticano, o cardeal Maradiaga, falou sobre os trabalhos desenvolvidos pela Cáritas Internacional. “A Cáritas leva água e vida a lugares remotos e áridos do mundo. A Cáritas é um manancial inesgotável de amor canalizado a comunidades de todo o planeta. A Cáritas é um jardim  de verdade, bondade e beleza ‐  qualidades que nutrem o mundo e que, nas palavras do papa Francisco, são nossas valiosas aliadas na defesa da dignidade humana, na construção da coexistência pacífica entre os povos, para salvaguardar e cuidar da criação”, recordou.

As atividades iniciaram nesta quarta-feira, dia 13, com uma sessão plenária sobre “Uma Igreja dos pobres”. Outro tema abordado foi o das desigualdades, com o economista Jeffrey Sachs, diretor do Earth Institute da Universidade de Columbia e professor da Beverley Haddad, da Universidade de KwaZulu-Nata.

Cáritas Brasileira

A comitiva brasileira no encontro é composta pelo bispo emérito de Colatina (ES), dom Décio Sossai Zandonade; a vice-presidente da Cáritas Brasileira, Anadete Gonçalves; a diretora nacional da entidade, Maria Cristina dos Anjos, e Leon Souza. No Escritório Central da Confederação em Roma, trabalha o brasileiro José Magalhães de Sousa.

Atualmente, a Cáritas Brasileira, em parceria com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), promove a Campanha SOS Nepal. A iniciativa pretende arrecadar recursos para auxiliar as pessoas atingidas pelo terremoto que devastou o país no dia 25 de abril. Novos abalos que ocorreram ontem, dia 12, causaram 66 mortes e deixaram 1.928 feridos. No total, de acordo com informações do governo local, são 8.151 mortos e 17.866 feridos.

Fonte: http://www.cnbb.org.br/imprensa-1/internacional/16496-papa-francisco-abre-assembleia-da-caritas Leia mais

Compartilhe!

Terços dos Homens se estendem pela Arquidiocese

No último dia 25 de abril, a pedido da Coordenação de Pastoral, diversos representantes de Terços dos Homens estiveram reunidos na Cúria Metropolitana de Uberaba, compartilhando essa experiência que a cada dia cresce na Arquidiocese.

 

O encontro contou inclusive com a presença de dom Paulo Mendes Peixoto, que elogiou a iniciativa da CAP, entendendo que a medida promove a integração dos grupos e propicia a troca de experiências. Ele aproveitou para sugerir a criação de um assessor pastoral para o Terço dos Homens.

 

Na oportunidade, pelo menos 15 paróquias estiveram representadas, sendo oito de Uberaba, duas de Sacramento, uma de Frutal, de Araxá e de Fronteira. O grupo rezou o terço, debateu o evangelho e depois houve troca de experiências.

 

O grupo mais antigo, de Nossa Senhora de Lourdes, tem 12 anos de criação e o mais recente, de São Galvão, pouco mais de um ano. Todos se reúnem uma vez por semana em dias variados. Em alguns há equipe de coordenação, em outros foi montado até panfleto ensinando a rezar o terço corretamente e, na maioria, se faz o sorteio da imagem do santo padroeiro entre os membros do terço para visitar as famílias. Há grupo também que celebra a Palavra e uma vez por mês, faz adoração ao Santíssimo.

 

Uma novidade é que a maioria dos grupos não se limita a rezar. Boa parte faz coleta em dinheiro e outros arrecadam gêneros alimentícios de maneira a ajudar o irmão necessitado. Segundo Walter da Paz, da Paróquia de São Sebastião de Araxá, lá há oito anos o grupo distribui cestas básicas para famílias carentes, além de levar orientação espiritual às pessoas.

 

Pedro Tassi, da Paróquia Sagrada Família/Uberaba, deu testemunho da força da reza do terço. “A minha filha curou uma surdez graças a essas orações,” afirmou ele.

 

Padre José Edilson Silva informou que esta foi apenas a primeira reunião do Terço dos Homens. “Sabemos que há vários outros grupos e a meta é promover este elo entre eles, até como forma de motivar a criação de novos,” disse o sacerdote, enfatizando que não há um modelo de Terço dos Homens nem se busca isto. “A proposta é levar mais e mais homens à prática da oração e também agir em prol do próximo,” arrematou ele.

 

 

Rubério Santos

Assessor de Imprensa

DSC_0310 Terço dos Homens Leia mais

Compartilhe!

Arcebispo faz visita pastoral a Santa Luzia

O povo da Paróquia de Santa Luzia recebeu, entre os dias 10 a 12 de abril, a Visita Pastoral de Dom Paulo Mendes Peixoto.

Nessa 26ª visita pastoral, intensa programação foi cumprida onde se destacam: visitas às Irmãs Dominicanas, empresas, escolas, creche, bênçãos e unção a enfermos em residências e clínica, encontro com as leigas consagradas e religiosas.

As celebrações eucarísticas aconteceram no setor São Tomás de Aquino, na Capela de São José, da Baixa, sendo um dos pontos altos que se deve destacar foi a inauguração da Capela de São Cristóvão e bênção do novo altar, sendo o Sr. Arcebispo recepcionado pelas comunidades.

Na matriz, celebrou duas missas no domingo, uma pela manhã onde participou, juntamente com os Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão Eucarística, da Adoração ao Santíssimo Sacramento e à noite, celebrou a missa da primeira eucaristia.

Foram disponibilizados momentos de encontro com a Pastoral da Catequese, incluindo catequistas e catequizandos, com os membros do Conselho de Pastorais e Movimentos, com a Mece, a Liturgia, onde pôde ter conhecimento dos trabalhos desenvolvidos por cada seguimento, das dificuldades enfrentadas e reuniu com a equipe da secretaria, examinando todos os livros, obtendo do Arcebispo sugestões e conselhos.

Durante o referido período, a comunidade paroquial acolheu o Pastor com alegria e receptividade, proporcionando momentos de contato mais íntimo e informal bastante produtivo para a Paróquia de Santa Luzia.

Pe. Reinaldo Duarte Vasconcelos Filho

vp a santa luzia 1 Leia mais

Compartilhe!

Igreja de Santa Luzia está sendo reformada

Durante visita pastoral, em abril, dom Paulo Peixoto conferiu de perto a reforma da matriz de Santa Luzia, sendo esclarecido de todo o andamento da obra pela Comissão da Reforma.

Com plantas e projetos estruturais, como exige a lei, a reforma do prédio da igreja começou a cerca de um ano. Num primeiro momento todo o telhado foi trocado por um de telhas sanduíches, eliminando assim a necessidade de forro. Outra etapa adiantada é a do sistema elétrico que aos poucos vai sendo todo substituído, contando, inclusive, com transformadores bem mais potentes.

Uma terceira etapa iniciada há dois meses deu maior visibilidade a reforma na matriz de Santa Luzia. É que em razão de umidade e infiltrações estão sendo retiradas as pedras que cobriam as paredes. No lugar será feito reboco. Outra novidade é que a igreja está sendo ampliada com construção de secretaria e sala do padre nos fundos do prédio. Com isto o templo ganhará mais espaço.

O projeto de reforma contará ainda com troca do piso que rachou em vários lugares, colocação de grades em volta do templo (para melhorar a segurança) e pintura completa.

Como a obra está sendo tocada através de recursos levantados pela própria comunidade não há previsão do seu término.

 

Rubério Santos / Assessor de Imprensa

DSC_0269 reforma em santa luzia Leia mais

Compartilhe!

Imagem de Aparecida é entronizada no Santuário de Fátima, em Portugal

A imagem de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, será entronizada no Santuário dedicado à Nossa Senhora de Fátima, em Portugal, nesta terça-feira, 12.

O ato faz parte das comemorações dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, no rio Paraíba do Sul, que serão celebrados em 2017, conjuntamente com o Santuário de Fátima, que também comemora, em 2017, o centenário das aparições de Nossa Senhora aos pastores.

 

Uma comitiva brasileira, formada por cerca de 400 pessoas entre bispos, padres e devotos, partiu para Fátima, levando a imagem de Nossa Senhora Aparecida. Entre os membros estão também o arcebispo de Aparecida (SP), cardeal Raymundo Damasceno, e o bispo auxiliar da arquidiocese, dom Darci Nicioli.

A cerimônia de entronização acontece nesta terça-feira, 12, às 18h30 (horário de Roma) e será transmitida, ao vivo, por emissoras de inspiração católica, assim como a peregrinação do aniversário de Nossa Senhora de Fátima, com a santa missa do dia 13 de maio.

Segundo dom Darci, será destinado um local reservado especialmente para os peregrinos vindos do Brasil. O bispo acredita que, a exemplo do que foi a cerimônia de entronização de Fátima ocorrida em 2014 no Santuário Nacional de Aparecida, transmitida via satélite pelo Vaticano, a entronização da imagem da Padroeira do Brasil em Fátima venha a multiplicar a devoção pela Virgem Santíssima em toda a Europa.

O cardeal português José Saraiva Martins, prefeito-emérito da Congregação para as Causas dos Santos, falou sobre estas duas invocações de Maria. “Nossa fé é concreta ou não é fé. Esta é a mensagem que Fátima e Aparecida nos dão: viver em profundidade nossa fé, o Evangelho”, declarou.

Com informações da Rádio Vaticano e foto da arquidiocese de Aparecida

Fonte: http://www.cnbb.org.br

Entronizao 270x152 Leia mais

Compartilhe!

Coordenadora Nacional da Pastoral Criança visita Uberaba

 

Entre os dias 4 e 6 de maio a coordenadora Nacional da Pastoral da Criança, irmã Vera Lúcio Altoé, esteve visitando a Arquidiocese de Uberaba.

Num primeiro momento a coordenadora da Pastoral da Criança, juntamente com as dirigentes estadual e regional, reuniu-se com os padres da diocese mineira de Uberaba. Já são 13 igrejas com a pastoral funcionando e a meta é chegar a 50% das 60 paróquias até o final deste ano. A Quase Paróquia de São Miguel Arcanjo, no Residencial 2000, montou a sua pastoral da criança recentemente. Padre Leandro Santos enfatiza que a pastoral tem tudo a ver com o bairro onde a população infantil é a maior de Uberaba.

Diante do clero irmã Vera deu ênfase ao projeto dos primeiros mil dias da vida da criança que será lançado ainda neste semestre. Ele compreende os 270 dias da gestação e os 365 dias do primeiro e segundo ano de vida da criança. A atenção aí deve estar voltada, disse a coordenadora, para os bebês com atraso no crescimento dentro do útero, crianças que não mamam no peito e aquelas que estão abaixo do peso.

Na segunda parte da visita a coordenadora conversou com as lideranças da Pastoral da Criança. Cerca de 60 líderes de 13 paróquias participaram da palestra. O grupo pode conferir a trajetória destes 32 anos da Pastoral da Criança no Brasil, a diversidade de ações e a sua expansão para outros países. Os lideres também interagiram com a coordenadora respondendo como ingressaram na pastoral. A maioria a convite de padres e freiras. Com dona Adélia Elias,da Paróquia N. S. das Graças, foi assim. Mas agora a professora aposentada gostou tanto da missão que não deixa a pastoral por nada.

Irmã Vera Altoé frisou ainda sobre a missão da pastoral, os cuidados com a saúde, a evangelização e a necessidade do grupo estar sempre motivado. Repetindo frase do papa Francisco ela disse aos agentes que Deus dá as batalhas mais difíceis aos seus melhores soldados. Por fim, a coordenadora afirmou que a criança desnutrida continua sendo preocupação da pastoral, porém, o foco atual é a criança obesa. A meta, enfatizou, é trabalhar o fim dos enlatados, reduzir o tempo das crianças com os aparelhos eletrônicos e estimular a horta caseira nas famílias.

A visita foi acompanhada de perto pelo arcebispo dom Paulo Peixoto e padre José Edilson Silva, coordenador de Pastoral. Ele disse que meta nos próximos anos é atingir, pelo menos, metade das 18 mil crianças da Arquidiocese de Uberaba.

 

 

Rubério Santos

Assessor de Imprensa

 

Uberaba, 08 de maio de 2015

irma_vera_lucia_altoe Leia mais

Compartilhe!

Igreja homenageia mães

Neste domingo, 10 de maio, houve homenagem para as mães nas 30 paróquias de Uberaba. No Santuário da Medalha Milagrosa, nas três celebrações, padre Ricardo Fidelis comandou consagração das mães a Nossa Senhora e, depois, no final deu bênção especial a todas elas.

O evangelho deste 6º Domingo da Páscoa destacou o amor incondicional de Deus por nós. Afinal, Deus é amor. Também nós devemos amar uns aos outros, seguindo o exemplo do Pai.

 

Rubério Santos

Assessor de Imprensa

 

 

Uberaba, 10 de maio de 2015

  Leia mais

Compartilhe!