Novo subsídio para a Catequese do Batismo

Conforme já foi divulgado neste Jornal Metropolitano, a Comissão Bíblico-Catequética de nossa Arquidiocese, num caminho sinodal com catequistas de Batismo, diáconos e padres, elaborou um novo subsídio para servir de base e de caminho comum para a catequese de Batismo para pais e padrinhos em nossa Igreja arquidiocesana.

Após a fase de elaboração e aprovação do material, passou-se para a fase de divulgação. O material foi divulgado e distribuído amplamente nas paróquias de nossa Arquidiocese através das reuniões de forania que aconteceram no primeiro semestre. Também o corpo diaconal e os alunos da Escola Diaconal Santo Estêvão receberam o subsídio e foram instruídos acerca dele. A aceitação foi positiva e animadora: cerca de setecentos exemplares foram comprados por mais de sessenta paróquias.

Neste momento, temos a fase de aplicação e experimentação. Cada Pastoral do Batismo em sua comunidade paroquial está se reunindo e decidindo como adaptar o trabalho até então executado, a partir do novo subsídio. Algumas catequeses foram encurtadas e outras, acrescentadas. Outro elemento que esse subsídio traz consigo é uma mudança de mentalidade e linguajar: o antigo “curso de Batismo” passa a se chamar agora Catequese de Batismo e os agentes da Pastoral do Batismo são reconhecidos pelo que sempre foram: catequistas. Essa conversão pastoral, todavia, não precisa nem deve ser corrida, importando por ora que tenha sido iniciada.

Muitas paróquias já estão aplicando o subsídio na prática, conforme relatos recebidos e visitas feitas. A resposta tem sido positiva da parte de padres, catequistas, pais e padrinhos, sobretudo por conta da flexibilidade que o material proporciona e por sua linguagem acessível sem perder qualidade doutrinal. Em setembro, está prevista uma reunião da Comissão Bíblico-Catequética com os coordenadores paroquiais da Pastoral do Batismo para avaliação do subsídio e eventuais melhorias.

Todo este esforço está relacionado a nossa obediência, como Igreja, quanto ao mandato de Cristo que diz: “Ide e fazei com que todos os povos da terra se tornem meus discípulos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo” (Mt 28,19).

 

Vitor Lacerda

 

Compartilhe: