O que é a Visita Pastoral?

A Visita Pastoral é uma ocasião especial na qual o Bispo conhece a realidade da Diocese para melhor servi-la, encorajando a missão evangelizadora e orientando as atividades pastorais e administrativas. Segundo o Código de Direito Canônico, esta é uma visita oficial que o Bispo faz a toda Diocese, ao menos a cada cinco anos (CDC 396). Nela, o Bispo conhece e é conhecido pelo Povo de Deus, procurando viver de acordo com as palavras de Jesus, o Bom Pastor: “Conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem” (João 10, 14).

A Paróquia Nossa Senhora da Abadia, em Pirajuba (MG) receberá a Visita Pastoral do nosso arcebispo, Dom Paulo Mendes Peixoto, entre os dias 2 e 4 de março. Dom Paulo irá conhecer de perto as suas pastorais, ministérios e movimentos, estreitando os laços de unidade e a comunhão entre o Pastor e a sua Igreja.

Para Dom Paulo, este é um momento muito importante de encontro do pastor com suas ovelhas, com seus arquidiocesanos: “A Visita Pastoral é um momento de encontro, de reflexão e principalmente de avaliação da caminhada da própria paróquia. Conforme as normas pastorais da nossa Igreja, todos os Bispos que estão à frente de uma Diocese e Arquidiocese tem esse compromisso de fazer a Visita Pastoral”, explica o arcebispo.

Já são mais de cinco anos que Dom Paulo está presente na Arquidiocese de Uberaba e já realizou muitas visitas pastorais. A Arquidiocese tem em torno de 60 paróquias e agora chegou a vez do arcebispo visitar a Paróquia Nossa Senhora da Abadia, em Pirajuba.

A raiz histórica da Visita Pastoral do Bispo vem das visitas dos apóstolos às comunidades cristãs fundadas por eles. Os apóstolos, encorajados pelo Cristo Ressuscitado, cumpriram a ordem do seu Senhor: “Vão, portanto, e façam que todas as nações se tornem discípulas, batizando-as em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, e ensinando-as a observar tudo o que lhes ordenei. Eis que eu estou com vocês todos os dias, até o fim dos tempos” (Mt 28, 19-20). Durante a convivência com os apóstolos, Jesus foi lhes ensinando a cuidar do seu rebanho. Hoje, os Bispos, como sucessores dos Apóstolos, continuam esta tradição.

Jordana Moreira
Assessora de Imprensa

Compartilhe!
0 respostas

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *