Páscoa Solidária: “VIU, SENTIU COMPAIXÃO E CUIDOU”

Iluminados pela Palavra de Deus e dentro da espiritualidade da Campanha da Fraternidade de 2020, fundamentando sua ação no Evangelho de São Lucas (10, 33-34), em que a atitude do Samaritano foi de aproximar-se do caído, ter compaixão e cuidar, dando toda assistência necessária: assim nasceu a intenção da CAMPANHA PÁSCOA SOLIDÁRIA.

Frente às consequências que esta pandemia do COVID-19 vem causando na humanidade, de forma específica, a necessidade do isolamento social, a busca de não proporcionar a proliferação do coronavírus, muitas famílias já sentem esta realidade na própria questão financeira e manutenção familiar do básico necessário para a sustentação pessoal e familiar.

Foi diante deste cenário, seguindo aquilo que já é próprio da maioria de nossas Igrejas e grupos pastorais em subsidiar com assistência alimentar algumas famílias de nossas comunidades, que surgiu, como em outros segmentos da sociedade civil e religiosa, a proposta de realizar esta campanha, unindo-a ao gesto concreto da Campanha da Fraternidade que acontece aos Domingos de Ramos.

Tendo sido acolhida e aprovada a proposta, o Arcebispo Dom Paulo Mendes Peixoto encarregou o Coordenador Arquidiocesano de Pastoral Mons. Célio Pereira Lima a compor uma comissão que evidenciasse esta proposta apresentada no grupo de WhatsApp dos padres da cidade de Uberaba. Assim, Mons. Célio convidou os padres coordenadores das regiões pastorais da cidade de Uberaba e outros dois sacerdotes para darem encaminhamentos e execução a essa ação.

Definido o dia da Ação Solidária, a campanha aconteceu no Domingo de Ramos (05/04). A entrega dos donativos em alimentos, material de limpeza e de higiene pessoal foi realizada nas Igrejas Paroquiais da cidade de Uberaba, nesse dia, das 9h às 12h. O belo de tudo isso foi a generosidade dos fiéis paroquianos, onde cada comunidade que realizou esta ação percebeu solidariedade e comprometimento com os irmãos e as famílias mais vulneráveis.

A princípio, a proposta era formar uma equipe de recebimento e preparação das cestas a partir das doações paroquiais que seriam encaminhadas a um lugar referencial, neste caso, a Basílica Santuário N. Sra. Abadia, por todas as paróquias que participaram da campanha, e depois destinadas às famílias a partir da demanda recebida pelas paróquias, a cargo desta equipe. No entanto, para evitar aglomeração de pessoas e agindo de acordo com as orientações sobre o isolamento social na execução dessa tarefa, a comissão, tendo recebido propostas de alguns sacerdotes, decidiu permitir que as próprias comunidades paroquiais fizessem a destinação da arrecadação às necessidades de suas comunidades, sendo estas com maior visibilidade pontual.

Foram diversas as destinações, além das famílias das paróquias em sua maioria. Algumas também enviaram a instituições eclesiásticas e sociais que, em vista da pandemia, passam por momentos de precariedade. Outros ainda encaminharam para comunidades que estão preparando refeições semanais, outras dominicais para moradores de rua, que também sentiram as consequências deste isolamento social, totalmente necessário para conter o COVID-19.

Diante de tudo isso, podemos concluir que as comunidades, através de seu povo amado, comprometido com os mais necessitados, não cessam de agir com generosidade em favor destes. Louvamos e bendizemos a Deus a quem teve esta iniciativa e acolhida pelo arcebispo e os sacerdotes em suas comunidades. Pois mesmo na impossibilidade de celebrar liturgicamente o Domingo de Ramos, o celebraram na ação concreta, colocando em prática o Lema da CF-2020: “Viu, sentiu compaixão e cuidou!”. Que Deus em sua benevolência abençoe a cada um que participou para que esta Campanha Solidária se realizasse.

Padre José Edilson da Silva

Pela Comissão da Campanha Páscoa Solidária

Compartilhe:

© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por
© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por