Conselho Arquidiocesano de Leigos e Leigas (CAL)

O Conselho Arquidiocesano de Leigos e Leigas da Arquidiocese de Uberaba foi criado em 21 de Setembro de 2013, com o apoio de Dom Paulo Mendes Peixoto, arcebispo metropolitano de Uberaba, tendo como assessor espiritual Pe. Rogério Consentino de Aguiar.

O CAL é um organismo da Arquidiocese que busca integrar os cristãos leigos e leigas dos movimentos, pastorais e grupos comunitários que vivem sua vida em uma comunidade de fé e inseridos nas diversas atividades da sociedade. Nosso Conselho é parte integrante do Conselho Nacional do Laicato do Brasil (CNLB) do Regional Leste II da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), que compreende os estados de Minas Gerais e Espirito Santo. As reuniões ordinárias acontecem todo início de mês no Centro de Educação Infantil Marta Carneiro, ao lado da paróquia São José, no bairro Gameleira, em Uberaba.

Na 1ª Assembleia do Povo de Deus, realizada em novembro de 2016, o Conselho apresentou uma proposta de estatuto para os Conselhos Paroquiais de Pastoral (CPPs), que foi discutido, votado e aprovado e vigora em toda Arquidiocese, sendo um grande avanço nas relações entre o clero e o laicato.

Em maio de 2019 foi realizada em Uberaba, a XXVI Assembleia Regional do Laicato, do Regional Leste II, organizada pelo Conselho de Leigos, que reuniu pessoas dos Conselhos de Minas Gerais e Espirito Santo e proporcionou uma maior integração entre leigos e leigas das diversas dioceses do Regional, com trocas de experiências e trazendo novo ânimo para o laicato de nossa Arquidiocese.

O Conselho trabalha para fortalecer o compromisso dos cristãos leigos e leigas com a proposta do Papa Francisco: de uma Igreja em saída, comprometida com os mais pobres, por um mundo mais humano e mais justo.

Conselho Arquidiocesano de Leigos e Leigas (CAL) da Arquidiocese de Uberaba

 

Confira os vídeos relacionados:

 

LEIA MAIS

Congresso Arquidiocesano de Leigos e Leigas em Uberaba encerra as atividades do Ano Nacional do Laicato

 

Compartilhe!
0 respostas

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *