Pastoral da Pessoa Idosa

Qual a importância da Pastoral da Pessoa Idosa?

Para nos explicar o que é a Pastoral da Pessoa Idosa e a sua importância para a comunidade, convidamos a coordenadora interina desta Pastoral na Arquidiocese de Uberaba, Celina Nicacia Tavares dos Santos, para nos contar sobre suas experiências frente a este trabalho. Acompanhe.

Entrevista com Celina Nicacia Tavares dos Santos, coordenadora Arquidiocesana da Pastoral da Pessoa Idosa

  • Há quanto tempo você está à frente da Pastoral da Pessoa Idosa? Conte um pouco sobre seu ingresso nesta pastoral.

Celina: Há doze anos. Quando a Pastoral da Pessoa Idosa foi fundada (05/11/2004) já se determinou uma equipe à nível nacional que iria capacitar pessoas das dioceses que se interessassem em implantar a Pastoral. Da nossa Diocese foram enviadas eu e Zuleica, na época éramos da Pastora da Criança, para sermos capacitadas em Belo Horizonte. De lá voltamos como Multiplicadoras, com a missão de implantar a Pastoral nas paróquias que desejassem ter a Pastoral da Pessoa Idosa.

 

  • Além de você, há outro(a) coordenador(a)?

Celina: Na realidade eu estou como coordenadora interina, mas a minha função é ser capacitadora. Por enquanto sou eu que desempenho a função de coordenadora diocesana, mas todas as paróquias que tem a Pastoral têm o seu coordenador.

 

  • O que é a Pastoral da Pessoa Idosa? Nos conte o que ela realiza e qual o seu objetivo.

Celina: A Pastoral da Pessoa Idosa nasceu de um trabalho que já era realizado pelas líderes da Pastoral da Criança com o nome de “A Terceira Idade na Pastoral da Criança” e aos poucos foi se tornando um novo trabalho. Este novo trabalho surgiu da necessidade que as pessoas idosas tinham de poder falar com outras pessoas sobre seus problemas, principalmente as que ficavam muito sozinhas.

Hoje o papel da Pastoral é levar vida e dignidade as pessoas idosas através das visitas domiciliares, principalmente às mais fragilizadas. É ser ponte entre a pessoa idosa e seus familiares, e também formar uma rede de solidariedade junto à comunidade. Além das visitas, temos nossas reuniões mensais de avaliação do trabalho realizado no mês.

Celina (de pé) coordena a Pastoral da Pessoa Idosa na Arquidiocese de Uberaba

  • Qual é a importância de existir uma pastoral dedicada à pessoa idosa?

Celina: A pessoa idosa deve ser tratada com respeito e carinho e sobretudo com gratidão por tudo que já fizeram. A Pastoral busca isso e é muito importante porque chama a atenção de nossos governantes para a questão de se elaborar políticas públicas voltadas para o bem-estar dessas pessoas, que infelizmente são muito poucas (políticas públicas). Ainda há muito por se fazer.

  • Sobre o encontro da Pastoral da Pessoa Idosa neste domingo (08), qual o objetivo do encontro e o que será tratado?

Celina: Esse evento tem a finalidade principal de eleger uma Equipe Diocesana formada pela Lista Tríplice. Contudo, haverá também uma sensibilização sobre a Pastoral voltadas às pessoas que foram convidadas para o evento, com o intuito de se implantar a Pastoral em mais paróquias.

Hoje, apenas três paróquias em nossa Arquidiocese que tem a Pastoral da Pessoa Idosa implantada: Paróquia Nossa Senhora das Graças e Quase Paróquia Bom Jesus, em Uberaba, e Paróquia Santo Antônio de Pádua, em Araxá.

Pastoral da Pessoa Idosa – Arquidiocese de Uberaba

  • Quem é o público convidado e como fazer para participar?

Celina: O público convidado é toda pessoa de Boa vontade, que queira ser um voluntário. A Pastoral da Pessoa Idosa é ecumênica, por isso não depende de credo religioso,  embora tenha sido fundada pela CNBB. Para participar é necessário passar por um curso de formação feito em sete etapas.

  • Para finalizar, gostaria que você falasse sobre a alegria de estar à frente de uma pastoral que representa a pessoa idosa.

Celina: Eu digo que esse trabalho é um dos mais gratificantes que existe. Ao ver a felicidade estampada no rosto de cada pessoa idosa que acompanhamos nos enche de alegria. O que sentimos não se explica, apenas se sente. É carinho e gratidão por elas, que nessa fase da Vida ainda nos ensinam muitas coisas da vida e com grande sabedoria.

 

LEIA MAIS

Pastoral da Pessoa Idosa arquidiocesana realiza 1ª Assembleia em Uberaba

Pastoral da Pessoa Idosa da Arquidiocese de Uberaba elege sua equipe arquidiocesana de coordenação

 

Compartilhe!
0 respostas

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *