“…Pastoral Vocacional – “um encontro com o Senhor.”

“Igreja sem vocações é como a figueira do evangelho que não tinha frutos”…

(Papa Francisco)

Todo trabalho de uma Pastoral Vocacional na Igreja nasce da experiência do encontro com Jesus e da vida vivida com Jesus. A Animação Vocacional em uma Igreja Particular é o coroamento de todo o trabalho missionário e evangelizador desta mesma Igreja. As vocações laicais, religiosas, diaconais e presbiterais são o rosto da vida espiritual, missionária e evangélica de uma comunidade local, de uma paróquia e de uma diocese.

Partindo do desejo de criarmos uma cultura vocacional em nossa Arquidiocese, o primeiro passo é entendermos que todos nós, bispo, padres, diáconos, leigos e leigas, são os principais responsáveis das vocações cristãs. Precisamos ouvir os jovens, ajudá-los a discernir as ações de seus corações e orientar seus passos. Somos chamados a ser pastores em meio ao povo, a animar a pastoral do encontro e a dispor de tempo para acolher e ouvir os outros, sobretudo os jovens. Uma comunidade viva sabe que cada cristão é um vocacionado.

A Pastoral Vocacional segue os passos e a metodologia de Jesus: Ele chama seus discípulos e discípulas. Eles escutam sua voz e O seguem. Sendo assim, no último sábado de abril (30), realizamos a 1ª Etapa do Despertar Vocacional de 2022. Contamos com a presença de jovens (moças e rapazes) de várias cidades de nossa Arquidiocese. Nosso objetivo nesta primeira etapa foi ajudar aquele/aquela que crê a descobrir o caminho concreto para realizar o projeto de vida ao qual Deus o(a) chama e acompanhar todos os vocacionados e vocacionadas, tendo uma visão aberta que proponha e valorize todas as vocações dentro da Igreja, sejam elas: sacerdotal, vida consagrada, matrimonial ou leiga.

Todos nós, agentes da Pastoral Vocacional Arquidiocesana, estamos empenhados em gerar cristãos que compreendam sua vocação e vivam sua missão no mundo.

Sabemos que a vocação para o sacerdócio, a vida consagrada, a família, a missão… são um dom concedido somente por Deus, mas também fruto da comunidade que reza. Continuemos testemunhando nossa vocação e rezando: “Senhor da messe e Pastor do rebanho, dai-nos muitas e santas vocações e intrépidos vocacionados!”.


Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por
© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por