Projeto Arquidiocesano da Semana Social

“Quero apenas ver o direito brotar como fonte,
e correr a justiça qual regato que não seca” (Am 5,24).

Essas palavras do Profeta Amós, pronunciadas oito séculos antes da era cristã, já antecipam o sonho de Jesus de Nazaré: “Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e sua justiça…” (Mt 6,33). E é embalada por esse mesmo sonho que a Igreja continua sua missão de anunciar o Evangelho, unindo fé e vida, como nos afirma o Papa Francisco, em sua encíclica Fratelli Tutti: “Sonhamos como uma única humanidade, como viajantes feitos dessa mesma carne humana, como filhos dessa mesma terra que hospeda a todos nós, cada um com a riqueza de sua fé ou de suas convicções, cada um com a própria voz, todos irmãos!” (FT, 8).

É nesse contexto de compromisso social que se insere a 6ª Semana Social Brasileira, inspirada nas exigências éticas e evangélicas, com os olhos voltados para a realidade socioeconômico-política em que nos situamos e com o firme propósito de transformar essa triste realidade, impulsionados pelas palavras e pelo testemunho do Papa Francisco, que nos chama a ser uma Igreja em saída para as periferias.

A Arquidiocese de Uberaba realizou ações concretas nas cinco edições anteriores das Semanas Sociais. Mesmo em meio à pandemia, agora não será diferente. Foi constituída uma comissão para elaborar o projeto de execução da 6ª Semana Social Brasileira em nossa Arquidiocese.

Este projeto, que tem como tema “Terra, Teto e trabalho”, terá a duração de dois anos e seguirá a metodologia “Ver, Iluminar, Agir, Rever e Celebrar”. No dia 18 de fevereiro, foi celebrada a Missa de Abertura da 6ª. Semana Social Brasileira em nossa Arquidiocese, sendo presidida por Dom Paulo e concelebrada por vários padres, com a participação de representantes das paróquias, comunidades e pastorais sociais. Neste primeiro semestre, o Projeto se dedica a atividades de formação e informação.

Já demos início às três “Rodas de conversa”, no formato on-line, transmitidas pelas mídias da Arquidiocese. A primeira aconteceu no dia 23 de fevereiro, com a apresentação do que é a 6ª Semana Social. A segunda “Roda de conversa” está prevista para o dia 26 de abril, contando com a assessoria do Prof. Daniel Seidel, membro da Comissão Justiça e Paz da CNBB. Ele vai trabalhar conosco os três “Eixos Fundamentais: Economia, Democracia e Soberania”. A terceira “Roda de conversa” está prevista para o dia 08 de junho, quando será trabalhado o tema central da 6ª Semana Social: “Terra, Teto e Trabalho”, com assessoria a confirmar.

No segundo semestre deste ano, está previsto um trabalho de levantamento da realidade brasileira, estadual e dos municípios que compõem a Arquidiocese, em termos do Eixo fundamental proposto: “Democracia, Economia e Soberania”, bem como o levantamento da realidade diante do tema central: “Terra, Teto e Trabalho”. Será o momento “Ver” a realidade. As atividades deste ano serão finalizadas com uma avaliação do percurso e uma celebração.

Após esse esforço de “Ver” a realidade, o Projeto prevê, para o primeiro semestre do ano de 2023, trabalhar o momento “Iluminar” essa realidade, à luz da Palavra de Deus e da Doutrina Social, culminando com uma celebração para lançar as luzes da fé na vida sofrida do povo. Por fim, a última etapa, prevista para o segundo semestre do ano que vem, será a realização de um Sínodo Social Arquidiocesano, com o objetivo de elaborar as pistas de ação propostas pela 6ª Semana Social, que seria nosso “Agir”, como Arquidiocese de Uberaba.

Esperamos que essa proposta chegue a todas as pessoas de boa vontade, membros das paróquias, comunidades, movimentos e serviços da Arquidiocese de Uberaba, como também a todos os cidadãos e cidadãs ligados a entidades de classe, instituições, associações e poderes públicos, nas cidades compreendidas geograficamente no território da Arquidiocese de Uberaba.

Que o Sagrado Coração de Jesus, Padroeiro de nossa Arquidiocese, faça arder nossos corações neste caminho que ora iniciamos. Revigorados pelo Ressuscitado, possamos levar avante esse grande projeto, contribuindo com aquele projeto maior, o Projeto de Jesus Cristo, sonho de um mundo novo, tão bem profetizado pelo Papa Francisco, onde não haja “nenhuma família sem Teto, nenhum camponês sem Terra, nenhum trabalhador sem Trabalho”.

Padre Geraldo Maia

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por
© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por