Roga por nós, Padre Eustáquio, vela por nós com amor!

“Na misericórdia de Deus, espero. Só a misericórdia de Deus pode me dar esperança. Oh, meu Jesus, queira me esconder na chaga da Vossa Divina Misericórdia”. (Beato Padre Eustáquio).Nascido em Aarle Rixtel, na Holanda, em 03 de novembro de 1890, Eustáquio cresceu em uma família católica, que incentivou desde a tenra idade a manifestação de fé e a oração na vida cotidiana. Assim, ele cresceu e com mais três irmãs seguiu a vida religiosa. Aos 15 anos, ingressou na Congregação dos Sagrados Corações, inspirado pela vida de outro religioso da congregação, o Padre Damião de Molokai, que deu a vida pelos leprosos. Em 1919, foi ordenado sacerdote e em 1925 chegou ao Brasil com seus companheiros Gil e Matias. Eles se estabeleceram na Diocese de Uberaba, em Romaria, construindo então o Santuário de Nossa Senhora da Abadia de Água Suja e o Colégio Regina Pacis em Araguari, bem como o Ginásio Dom Lustosa em Patrocínio.

Podemos perceber a fecundidade de Padre Eustáquio chamando pessoas para a presença e o esconderijo na Divina Misericórdia. Enquanto viveu, seu testemunho foi caminho de conversão para muitas outras almas. Diante de tamanha fama como ‘padre santo’, os relatos de graças e milagres depois de seus sermões e bênçãos cada vez mais abundantes, ele foi transferido, e sua mudança foi feita sob protesto de seus paroquianos, que chegaram a arrancar os mata-burros, impedindo a saída do Padre da região. Entretanto, em obediência, transpôs o caminho a pé e seguiu para sua missão em Poá – SP.

Enquanto esteve na Diocese de Uberaba, Padre Eustáquio realizou grandes feitos e continua realizando-os nos dias atuais, levando peregrinos aos lugares que passou. Seu chamado à santidade hoje nos convida a também buscá-la, cada um a seu modo, seja na família, na vida religiosa e todos, assim como ele, no cuidado com os irmãos e irmãs que necessitam de ajuda, seja material ou espiritual.

Que a exemplo de sua vida busquemos abrigo na Misericórdia Divina, trazendo também aos irmãos o consolo e a força para seguirem na caminhada. Padre Eustáquio teve uma vida de muita ação, mas não há como não dizer o quão poética foi a passagem dele por este mundo! Quantas almas transformadas, quantas curas realizadas, quanta história escutamos de pessoas que guardam com carinho o dia em que conheceram o Padre Santo, conservam objetos que ele tocou e pedem, nas dificuldades da vida, sua ajuda e intercessão. Sabemos que ele é um grande intercessor.

“Que nada vos perturbe, que nada vos aflija, que nada vos assuste. Tudo passa, dor e alegria, só Deus fica, eternamente!” Padre Eustáquio, rogai por nós!

Rhaime Ferreira

Agente de pastoral do Santuário Saúde e Paz – Beato Padre Eustáquio

Arquidiocese de Belo Horizonte

  

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Links Úteis

Contato

© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por
© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por