Seminaristas da Arquidiocese de Uberaba participam da Semana Missionária

Dentre os dias 24 de junho e 01 de julho deste ano os seminaristas das etapas da filosofia e teologia da Arquidiocese de Uberaba vivenciaram um profundo período de Missão em nossa Igreja Particular. Divididos em duas frentes de missão, os seminaristas foram enviados às Paróquias de São Pedro, em Conceição das Alagoas e São Geraldo Majela, no Bairro Alfredo Freire em Uberaba.

Movidos pelo lema: “Doa a sua vida e serás servo de cada homem, servo por amor, sacerdote da humanidade” os futuros presbíteros de Uberaba cumpriram um extenso cronograma de atividades nas duas comunidades missionárias anfitriãs. Em Conceição das Alagoas, a frente de missão composta pelos seminaristas Roberto e David (membros do COMISE), César, Marcos Vinícius, Pablo e Vitor visitaram as residências da Comunidade São João Paulo II, promovendo um recenseamento daquela região, que pertence à Paróquia Missionária Anfitriã. As visitas compreenderam também escolas, asilos, intensa participação nas atividades pastorais da comunidade e momentos formativos.

Nas palavras do líder daquela missão, seminarista Roberto Garcia, “durante a missão em Conceição das Alagoas tivemos a oportunidade de olhar nos olhos das pessoas, sentir as necessidades e experimentar da proximidade junto ao povo de Deus, visitamos cerca 290 casas dentre outras atividades e também atuamos nas Celebrações durante a novena de São Pedro com o Pároco da Paróquia, Pe. Bruno, a quem agradecemos a acolhida.”

Já na Paróquia São Geraldo Majela, a ação missionária se desenrolou junto ao COMIPA – Conselho Missionário Paroquial. Divididos em treze setores, os seminaristas Welder e Otávio (membros do COMISE), Alexandre, Allan, João Batista e Rodrigo, promoveram setenta e quatro visitas a famílias necessitadas, moradores enfermos ou em situação de risco, bem como a paroquianos engajados e referenciais em suas regiões, como o caso da família formada pelo Cícero e pela Rose, moradores do Conjunto Alfredo Freire IV, verdadeiros agentes missionários na partilha cotidiana com seus vizinhos. Nas visitas, os missionários envolveram-se em longas conversas com os moradores, momentos de oração, levantamento de demandas pastorais e sociais, além de visitarem duas escolas, uma creche, um abrigo para menores em situação de risco e casas religiosas da cidade. Eles também promoveram momentos de formação missionária junto ao COMIPA, CPP, pastorais e movimentos, Celebração da Palavra com universitários na Universidade de Uberaba e atividades recreativas com os jovens da comunidade paroquial.

O COMISE promoveu ainda, com ajuda da Rádio Metropolitana e da Pastoral da Comunicação de nossa Arquidiocese, uma valiosa divulgação das atividades do COMISE e da Semana Missionária envolvendo a participação de seminaristas em programas de rádio, Missa transmitida ao vivo e divulgação via redes sociais.

O encerramento da Semana Missionária aconteceu nas Paróquias Missionárias anfitriãs com as respectivas frentes de missão, bem como nas Romaria das Famílias deste ano, realizada no Santuário de Nossa Senhora da Abadia, na cidade de Romaria, em Missa presidida pelo Arcebispo Metropolitano de nossa Arquidiocese, Dom Paulo Mendes Peixoto e concelebrada por dezoito sacerdotes de nosso clero, reunidos em função do encontro promovido pela Pastoral Familiar e que contou com a presença de cerca de dois mil fiéis das cidades de nosso território episcopal e demais municípios próximos.

A ação missionária aqui descrita de forma geral e resumida compreendeu outras inúmeras, pequenas e muito relevantes atividades junto ao Povo de Deus, as quais estão sendo relatadas de forma pormenorizada em relatórios específicos a serem entregues à coordenação dos COMISE’s local, provincial e regional, aos Pe. Bruno e Fabiano, párocos das Paróquias Missionárias Anfitriãs, à reitoria do Seminário São José, ao Conselho de Formadores, ao Coordenador de Pastoral de nossa Arquidiocese, Pe. Fábio Meira, a V. Exa. Rvma. Dom Paulo Mendes Peixoto, Arcebispo Metropolitano de Uberaba, bem como aos demais interessados.

Chegado o fim deste período, não há sentimento de dever cumprido, mas um florescimento do ardor missionário frente aos novos desafios a nós propostos. O dever missionário da Igreja, e por decorrência de nós seminaristas, só se cumprirá quando toda a Igreja se reconhecer missionária em toda a sua estrutura, desde a administrativa até a propriamente missionária. O dever missionário se cumprirá, derradeiramente, quando todos os homens se sentirem amados ao ouvirem a Boa-Nova do Cristo Jesus.

Esperamos, com fervor, que o objetivo primeiro definido para a Semana Missionária de 2018 – o de fazer o povo de Deus se sentir amado – tenha sido alcançado na mesma medida em que nós, seminaristas deste chão, sentimo-nos acolhidos por cada um dos sorrisos e por cada uma das lágrimas desveladas na frente de nossos olhos! Nós somos missão, somos seminaristas comprometidos com uma verdadeira ressignificação da atividade missionária enquanto paradigma de vida pessoal, pastoral e eclesial! Doamos as nossas vidas e esperamos ter alcançado o serviço ao povo de Deus, por amor!

Seminarista Welder Castro P. Andrade
Coordenador do Conselho Missionário de Seminaristas da Arquidiocese de Uberaba

Confira mais fotos:

Compartilhe!
0 respostas

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *