Um santo homem no trabalho braçal

A construção da Igreja de Nossa Senhora Aparecida em Frutal

 Caro leitor, paz e bem!

Aos poucos, vamos conhecendo a trajetória da vida e das obras realizadas pelo Servo de Deus Frei Gabriel de Frazzanò. Desde sua chegada em terras mineiras, sempre se dedicou às construções daquilo que mais as comunidades precisavam. Já permeamos pela história da construção da Igreja São Francisco de Assis, em Carmo do Paranaíba, pela construção da Igreja de Santa Teresinha e a de São Judas Tadeu, ambas em Uberaba, e pelas construções da Igreja de Nossa Senhora do Carmo, o Asilo Pio XII, a Casa da Criança e a Santa Casa, todos estas em Frutal. No entanto, para além das construções físicas, o Servo de Deus dedicou-se à edificação das almas e ao resgate da dignidade daqueles que mais necessitavam.

Nos trabalhos relacionados à ação social, Frei Gabriel sempre se esforçava pelo fortalecimento da fé e da experiência com nosso Senhor Jesus Cristo. Todo trabalho realizado visava resgatar a dignidade de filhos e filhas de Deus e, por conseguinte, convidá-los à construção de uma sociedade mais justa, fraterna e humanizada. O “Irmão de todos” se mostrou sensível às necessidades do povo de onde residia. Ainda em Frutal, o missionário italiano edificou um templo dedicado à Padroeira do Brasil. Hoje conheceremos um pouco sobre essa empreitada ousada.

Quem visita o antigo bairro chamado “das casas populares” em Frutal, verá em local plaino a igreja dedicada à Padroeira do Brasil, erguida ali em pouco tempo pelo dinamismo de Frei Gabriel. Dom José Pedro Costa, administrador apostólico da Arquidiocese de Uberaba, esteve presente no lançamento da pedra fundamental. Hoje, a Matriz Paroquial de Nossa Senhora Aparecida destaca-se na Avenida Rio de Janeiro pela sua beleza, não só arquitetônica, mas histórica. O moderno e funcional templo foi inaugurado em 1971, com a bênção do Padre Vigário da paróquia e havendo uma grande assistência e participação de fiéis, particularmente de pessoas humildes e moradores do lugar. Na época, a capela pertencia ao território paroquial da Paróquia Nossa Senhora do Carmo.

Via-se todo dia Frei Gabriel na dura lida de transportar material de construção. A obra foi crescendo, surgindo da piedade de um homem de Deus que se preocupava também com a parte espiritual da comunidade. Tijolos, pedras, madeira, vidro, ferro, telha, bancos, altar, cálice: tudo foi numa sequência natural, mas impressionante. Ele calculava tudo; previa qualquer problema. Os tijolos utilizados para a construção foram feitos pelas próprias mãos do Servo de Deus que, no labor diário, se empenhava com todas as forças, físicas e de vontade, para a construção daquele templo.

Na capela antiga destacavam-se duas torres. Na maior, está o sino e no ponto mais alto a cruz, sinal de nossa redenção. Na outra torre, a menor, sobre uma coluna o alto-falante que convidava os fiéis para os atos litúrgicos que eram feitos regularmente. No ano de 1978, as irmãs Dominicanas tinham uma residência perto da capela e tomavam conta dela, onde rezavam e levavam o povo à oração. Participavam ativamente do “Centro Comunitário”, ali fundado pelo Vigário Frei Tiago Valenza.

A Paróquia Nossa Senhora Aparecida foi erigida no dia 19 de março de 1984, sendo seu primeiro pároco Frei Vicente da Silva Pereira, Frade Capuchinho e atual Vice-postulador da Causa de Beatificação do Servo de Deus Frei Gabriel de Frazzanò. Após a saída dos frades de Frutal, também a Paróquia Nossa Senhora Aparecida foi confiada aos cuidados da Arquidiocese de Uberaba. Portanto, neste ano de 2022, a Paróquia Nossa Senhora Aparecida comemorou 38 anos de sua criação. Estão à frente da animação, da organização e dos trabalhos pastorais os padres Bruno Machado Pinheiro Mirando, pároco, e Bruno Ricardo Luiz de Melo, vigário paroquial, ambos do clero da Arquidiocese de Uberaba.

Desde sua construção pelo Servo de Deus Frei Gabriel até os dias atuais, a antiga capela foi reformada por diversas vezes, sendo modernizada e aumentada. O que vemos hoje da Matriz é uma estrutura maior do que a feita por Frei Gabriel. Contudo, por iniciativa do povo, as paredes com os tijolos feitos pelo Servo de Deus não foram derrubadas e continuam firmes, testemunhando o trabalho árduo desempenhado. Ao entrar na igreja, podemos ver, de ambos os lados, descascados no reboco, os grandes tijolos que constituem as paredes erguidas em 1971.

Por fim, depois de permearmos pelo elenco das coisas feitas por Frei Gabriel em Frutal, percebemos que todas foram deixadas ao povo que tanto amou. Elas continuam, felizmente, desafiando crises e vencendo obstáculos naturais do gênero de atividade.

Os dirigentes dessas obras testemunham sempre a ajuda e intercessão do Servo de Deus Frei Gabriel de Frazzanò. Dizem que é como se ele estivesse ali por perto. Há dias em que falta dinheiro e é preciso pagar uma dívida; outro dia, acaba o mantimento nas dispensas. E os velhos e as crianças precisam comer. Então, quando os meios imediatos estão precários e até desaparecem é que se apela para Frei Gabriel. E por estranho que possa parecer ao olhar e razão de alguns, há sempre uma solução inesperada. O dinheiro surge do bolso e do coração de algum desconhecido benfeitor e os mantimentos são trazidos por mãos caridosas.

Diante disso, os dirigentes, antes preocupados, dizem consolados:

– “Frei Gabriel ainda ajuda!”

Caro leitor, aos poucos, sem a pressa que nos atropela entre nossos compromissos, vamos trilhando os caminhos dos feitos do Servo de Deus e de seu testemunho de santidade. Recordamos que foi aberto o Ano do Jubileu de Ouro da Páscoa do Servo de Deus Frei Gabriel de Frazzanò a ser celebrado de 17 de abril de 2022 a 17 de abril de 2023. Fiquemos atentos às programações e às Romarias. E nos unamos rezando para que, se for da vontade de Deus, que o irmão de todos, Frei Gabriel de Frazzanò, seja incluído no número dos santos.

Fraternalmente, que Deus abençoe a todos!

Paz e Bem.


Em Frutal, a antiga Igreja de Nossa Senhora Aparecida, construída pelo Servo de Deus Frei Gabriel (Arquivo pessoal Frei Vicente)


O Servo de Deus Frei Gabriel de Frazzanò (Arquivo PROCAMIG)

Fr. Vicente da S. Pereira, OFMCap
Fr. Glaicon G. Rosa, OFMCap

Compartilhe:

© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por
© Copyright Arquidiocese de Uberaba. Feito com por