Visita Ad Limina Apostolorum

  Os (arce)bispos dos Regionais Leste 2 (Minas Gerais) e Leste 3 (Espírito Santo), da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), realizaram a Visita Ad Limina Apostolorum entre os dias 17 e 26 de outubro, em Roma, na Itália. A agenda pastoral reuniu uma comitiva de 32 (arce)bispos e a programação da Visita contou com a audiência com Papa Francisco, além da peregrinação aos túmulos dos apóstolos Pedro e Paulo e visitas aos departamentos que integram a Cúria Romana, os Dicastérios e Secretarias.

  Para acompanhar fotos e vídeos, no site da Arquidiocese de Uberaba você encontra a aba “Visita Ad Limina”, onde reunimos todas as informações sobre estes quinze dias em que nossos bispos estiveram na Itália.

  PRIMEIRO DIA

  No primeiro dia, a Santa Missa foi celebrada na Basílica Papal de Santa Maria Maior e presidida por Dom Airton José dos Santos, Arcebispo de Mariana. Logo após, os bispos foram recebidos pelo prefeito do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, cardeal Michael Czerny. Com a relatoria de Dom Vicente de Paula Ferreira e apresentação de Dom José Carlos de Souza Campos, foram apresentados os impactos causados pelo processo minerário em Minas Gerais e Espírito Santo. Também foram destacadas as ações do Grupo de Trabalho em Ecologia Integral e Mineração, constituído em 2020, que assessora as Dioceses e Províncias Eclesiásticas.

  No Supremo Tribunal da Assinatura Apostólica, com a relatoria de Dom Paulo Mendes Peixoto e apresentação de Dom Dario Campos, foram comentadas as atribuições do Supremo Tribunal que julga reclamações de nulidade e outros processos. Os bispos também visitaram a Pontifícia Comissão para a Proteção dos Menores, que teve a relatoria de Dom Messias dos Reis Silveira e a apresentação de Dom Geovane Luís da Silva.

  SEGUNDO DIA

  Considerado um dos pontos altos, o segundo dia da visita foi marcado pela Santa Missa na Basílica Patriarcal de São Pedro, em Roma. Com celebração presidida por Dom José Carlos Souza Campos, bispo de Divinópolis, junto ao altar do túmulo do apostolo, os sucessores de Pedro renovaram a profissão de fé e fizeram preces por suas comunidades no Brasil.

  Os bispos de Minas Gerais e Espírito Santo ainda tiveram uma agenda repleta de atividades nos dicastérios e secretarias do Vaticano. Logo após a celebração eucarística, foi realizada a visita ao Dicastério para os Bispos e foram recebidos pelo Cardeal Marc Ouellet, P.S.S.. Durante o encontro, que contou com a relatoria de Dom Geovane Luís da Silva e apresentação de Dom Luiz Fernando Lisboa, os bispos destacaram os desafios pastorais e a valorização e diálogos com as culturas e sociedade pluralista mineira e capixaba.

  No Dicastério para a Doutrina da Fé, Dom Lauro Sérgio Versiani Barbosa apresentou o relatório com Dom Paulo Bosi Dal’Bó, ressaltando o contexto cheio de esperanças para a caminhada eclesial com processo sinodal desencadeado pelo Papa Francisco. Na sequência, foi a vez do Dicastério para os Institutos de Vida Consagrada e SVA, com relatoria de Dom Luiz Fernando Lisboa e apresentação de Dom Dario Campos.

  Nesse departamento, os bispos foram recebidos pelo Cardeal brasileiro João Braz de Aviz, que reconheceu a importante presença das Ordens e Congregações Religiosas nos estados de Minas e Espírito Santo. Na oportunidade, também foram discutidos os desafios pastorais da vida consagrada que também envolve os Institutos Seculares, as Sociedades de Vida Apostólica, as Comunidades Monásticas e as Virgens Consagradas.

  No período da tarde, divididos em dois grupos, os bispos estiveram no Dicastério para as Causas dos Santos, com a relatoria de Dom Otacílio Ferreira de Lacerda e apresentação de Dom Paulo Bosi Dal’Bó. Na Secretaria Geral do Sínodo, Dom Darci José Nicioli apresentou o relatório, com a participação de Dom José Carlos de Souza Campos.

  TERCEIRO DIA

  No terceiro dia da Visita Ad Limina Apostolorum, os bispos de Minas Gerais e Espírito Santo iniciaram com a celebração da Santa Eucaristia na Basílica Papal de São João de Latrão, sob a presidência de Dom Dario Campos (ES).

  A primeira visita foi realizada no Dicastério para a Evangelização, que incentiva e orienta o processo de inculturação da Boa Nova de Jesus Cristo, nas diversas culturas e etnias e na evangelização, prestando particular atenção à piedade popular. A apresentação foi realizada por Dom Luiz Fernando Lisboa, com a relatoria de Dom Esmeraldo Barreto de Farias. Os bispos foram recebidos pelo Cardeal Luís Antônio Gokim Tagle.

  No Dicastério para a Educação Católica, que tem como prefeito o Cardeal Giuseppe Versaldi, os relatores Dom Pedro Cunha Cruz e Dom Geovane Luís destacaram a realidade da Pastoral da Educação nos Regionais, entendida como um autêntico compromisso no anúncio do evangelho no mundo da educação, sempre integrando nossos valores culturais com a dimensão religiosa.

  O Cardeal Monsenhor Lázzaro You Heung-sik, do Dicastério para o Clero, recebeu os bispos que apresentaram as conquistas e os desafios do Clero, reafirmando a afetiva comunhão e a sintonia eclesial com a Sede de Pedro. Houve apresentação de Dom José Aristeu Vieira e relatoria de Dom Esmeraldo Barreto.

  Nas instalações da Rádio Vaticano, aconteceu a última reunião do dia dos bispos no Dicastério da Comunicação. Com a presença do Prefeito Paolo Ruffini, do jornalista Silvonei José e equipe, destacou-se o trabalho da Pastoral da Comunicação e esforço que tem sido feito para que, em cada diocese, seja organizada a Pascom, assim como em cada paróquia. A formação de agentes da Pascom, a evangelização pós-pandemia e a importância da comunicação pastoral da Igreja do Brasil foram alguns dos destaques do encontro.

  QUARTO DIA

  Um dos momentos mais esperados da Visita Ad Limina Apostolorum é o encontro dos bispos com o Papa Francisco. O encontro foi esperado por doze anos e, durante o momento com o Santo Padre, os bispos dos Regionais Leste 2 (Minas Gerais) e Leste 3 (Espírito Santo) expressaram alegria e emoção de estar junto do Sucessor do Apóstolo Pedro, a quem manifestaram a mais plena comunhão e fidelidade. Durante a conversa, também foram apresentadas questões pastorais das (arqui)dioceses e os (arce)bispos puderam ouvir conselhos e orientações do Pontífice sobre vários assuntos da Igreja e da caminhada pastoral.

  Durante o dia, os bispos visitaram a Pontifícia Comissão para a América Latina. Com apresentação e relatoria de Dom Marco Aurélio, um dos assuntos tratados na reunião foi com relação às terras mineiras e capixabas, que também se encontram em todo o continente latino-americano e caribenho. As mesmas enfrentam inúmeros desafios sociais: fome, desemprego, ausência de políticas públicas nas áreas da saúde, educação, cultura e um processo constante de degradação do meio ambiente, em especial do bioma amazônico. Também foram destaques os dois desastres que marcaram profundamente a vida das comunidades: o rompimento das barragens de rejeito em Mariana e em Brumadinho, que ceifaram inúmeras vidas e causaram grandes impactos ambientais.

  No final da noite, a comitiva da Visita Ad Limina Apostolorum foi recebida na Embaixada do Brasil junto à Santa Sé.

Regional Leste II

Compartilhe: